Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da influência do revestimento em células fotovoltaicas comerciais

Processo: 18/05854-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica
Pesquisador responsável:Eduardo José Nassar
Beneficiário:Jéssica Potomatti Batista
Instituição-sede: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca , SP, Brasil
Assunto(s):Processo sol-gel   Eficiência   Revestimentos   Células solares

Resumo

O sol é uma fonte inesgotável de energia limpa e para conseguir converter a energia solar em elétrica são utilizadas as células fotovoltaicas, a qual está baseada no conceito do efeito fotovoltaico. Embora seja uma excelente fonte de energia, normalmente é utilizada como uma alternativa para a produção de energia elétrica, visto que sua eficiência é baixa quando se comparada com outras fontes de energia. O principal motivo para a baixa eficiência da célula solar é devido à pequena faixa de absorção dos comprimentos de onda, sendo mais sensível em torno de 600 nm a 900 nm. Nesse projeto, as células solares comerciais baseadas em silício policristalino serão revestidas a partir do processo sol-gel com alcóxido de silício dopado com íons lantanóides Er3+ e Yb3+, os quais promoverão conversão ascendente de energia com o intuito de absorver radiação infravermelha e a converta em radiação visível. Dessa forma, a energia convertida em luz visível, preferencialmente em luz vermelha, será absorvida pela célula fotovoltaica, aumentando seu rendimento. As caracterizações serão realizadas através da espectroscopia vibracional (FTIR e Raman) e eletrônica (UV-Vis e fotoluminescência), análise térmica (TA), difratômetro de raios X (DRX) e microscopia eletrônica de varredura (MEV). As medidas elétricas serão realizadas através de um multímetro digital utilizando uma fonte de luz padrão e laser em 980 nm.