Busca avançada
Ano de início
Entree

Participão da aldosterona central no controle neural da função renal

Processo: 18/02194-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Eduardo Colombari
Beneficiário:Frederico Sassoli Fazan
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/23467-7 - Fisiopatologia experimental: mecanismos centrais de controle cardiovascular e respiratório envolvidos em modelos experimentais de hipertensão e obesidade, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):19/09820-7 - Efeito da hipercalemia sistêmica: ativação dos HSD2 cerebrais e balanço hídrico, BE.EP.MS
Assunto(s):Potássio   Aldosterona   Espironolactona

Resumo

Aldosterona é um mineralocorticoide produzido pelas glândulas suprarrenais com diversas funções incluindo o controle da pressão arterial e do conteúdo eletrolítico sanguíneo. A síntese e liberação de aldosterona ocorre na situação de hipovolemia e principalmente na hipercalemia. A aldosterona age através de seu receptor intracelular de mineralocorticoides (MR). Como os MR também possuem alta afinidade para glicocorticoides, as células sensíveis a aldosterona possuem a enzima 11²-hidroxiesteroide desidrogenase tipo 2 (HSD2) capaz de oxidar cortisol e transformá-lo em cortisona (forma inativa desse glicocorticoide) protegendo os MR de ativação inespecífica promovidas pelos glicocorticoides. Estudos recentes mostraram a presença de neurônios HSD2 no núcleo do trato solitário (NTS) do sistema nervoso central, sugerindo a participação da aldosterona central na indução do apetite ao sódio. Além disso, alguns trabalhos mostram que a aldosterona central possui efeito na manutenção de tônus simpático em diversos órgãos incluindo coração e rins. Porém, a participação da aldosterona no controle neural da função renal ainda não foi totalmente esclarecida. A participação do controle neural na regulação renal de sódio já é conhecida. A regulação de outros solutos, como potássio, está intimamente associada com o manejo renal de sódio. Portanto, o objetivo do presente estudo é avaliar a participação da aldosterona no controle neural da função renal em animais com sobrecarga de potássio tratados, ou não com espironolactona central. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FAZAN, FREDERICO; COLOMBARI, DEBORA SIMOES DE ALMEIDA; MENANI, JOSE VANDERLEI; FAZAN, JR., RUBENS; COLOMBARI, EDUARDO. Electrocardiographic changes in the acute hyperkalaemia produced by intragastric KCl load in rats. Experimental Physiology, v. 106, n. 5, . (15/23467-7, 18/02194-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.