Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento do método SALLE-UHPLC-MS/MS no modo column switching para determinação de anandamida e 2-araquidonoilglicerol em amostras de encéfalos de ratos submetidos a modelo animal da Doença de Parkinson

Processo: 18/06068-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 31 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Maria Eugênia Queiroz Nassur
Beneficiário:Igor Gustavo de Carvalho Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/02147-0 - Cromatografia líquida em uma gota e seu acoplamento com espectrometria de massas: estratégias instrumentais, desenvolvimento de materiais, automatização e aplicações analíticas, AP.TEM
Assunto(s):Endocanabinoides   Cromatografia

Resumo

Os compostos endógenos anandamida (AEA) e 2-araquidonoilglicerol (2-AG), derivados do ácido araquidônico, fazem parte de uma classe de neurotransmissores conhecidos como endocanabinóides (ECs) que, juntamente dos receptores celulares canabinóides (CB1 e CB2) e enzimas metabólicas, fazem parte do chamado sistema endocanabinóide (eCB). Estudos realizados indicam que os níveis endógenos desses ECs sofrem alterações à estímulos fisiológicos, farmacológicos e patológicos, fazendo com que a determinação de suas concentrações em amostras biológicas sejam alvo de estudos de diversas patologias, com destaque às doenças neurodegenerativas, como a doença de Parkinson (DP). Modelos experimentais em animais têm sido desenvolvidos para mimetizar as características da DP observada na clínica em humanos, comumente, a injeção aguda seletiva de neurotoxinas, como o análogo hidroxilado da Dopamina 6-hidroxiDopamina (6-OHDA) em ratos, é usada para criar lesões neurodegenerativas agudas das vias nigro-estriatais. A cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas em tandem tem sido considerada a técnica de referência na determinação de endocanabinóides em amostras biológicas. A etapa de preparo de amostras tem sido requerida no desenvolvimento de métodos analíticos, para eliminar os interferentes e pré-concentrar os analitos, quase sempre presentes em níveis de traços em amostras biológicas. A extração líquido-líquido assistida por "salting-out" (SALLE) é uma técnica de extração baseada no efeito de "salting-out", que consiste na redução da miscibilidade mútua entre a água e um solvente orgânico miscível em água pela adição de um eletrólito. Como consequência da adição do sal, os analitos orgânicos não carregados presentes na amostra sofrem redução de solubilidade na fase aquosa e são extraídos na fase orgânica. Já a cromatografia líquida no modo column switching tem sido utilizada para a extração dinâmica e análise online dos analitos. Nesse projeto o método SALLE-UHPLC-MS/MS no modo column switching será otimizado e validado para determinação de AEA e 2-AG em encéfalos de ratos induzidos ao parkinsonismo, tratados ou não com L-Dopa e Doxiciclina. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.