Busca avançada
Ano de início
Entree

O que nós sabemos e o que nós deveríamos saber Uma análise da ação corporativa política da indústria de alimentos de três países da América do Sul

Processo: 17/24744-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Fernanda Baeza Scagliusi
Beneficiário:Melissa Amina Madeleine Cavallo Mialon
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/14900-9 - Consumo de alimentos ultraprocessados, perfil nutricional da dieta e obesidade em sete países, AP.TEM
Assunto(s):Conflito de interesses   Pesquisa qualitativa   Alimentos ultraprocessados

Resumo

As doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), que incluem diabetes, doenças cardiovasculares e câncer, são a principal causa global de mortalidade. A alimentação não saudável, particularmente aquelas com alto consumo de alimentos ultraprocessados, é um fator de risco relevante para as DCNT, junto com consumo abusivo de bebidas alcoólicas, tabagismo e sedentarismo. Apesar de sua provável eficácia, políticas que tornem os ambientes alimentares mais saudáveis ainda não foram adotadas em muitos países. Uma das barreiras para sua implantação é a influência, também conhecida como atividade corporativa política (ACP), exercida pelas indústrias de alimentos, bebidas alcoólicas e tabaco. A ACP das indústrias de alimentos consiste em seis estratégias de longo prazo, adotadas para influenciar as políticas públicas e a opinião pública de modo favorável às indústrias alimentícias, muitas das quais também foram usadas pela indústria do tabaco: estratégia de informação e transmissão de mensagens; estratégia de incentivo financeiro; estratégia de constituição; estratégia de substituição das políticas; estratégia legal e estratégia de fragmentar e desestabilizar a oposição. O principal objetivo deste projeto é identificar a ACP das indústrias de alimentos no Brasil, Colômbia e Chile, em um período de dois anos. A pesquisa consistirá em uma análise documental passo a passo das informações disponíveis publicamente, triangulada com entrevistas com informantes chave internos e externos à indústria de alimentos e com aqueles com expertise em nutrição e saúde pública, ambos no Brasil, Colômbia e Chile. Este estudo irá contribuir com o projeto temático apoiado pela FAPESP, intitulado "Consumo de alimentos ultraprocessados, perfil nutricional da dieta e obesidade em sete países", conduzido pelo NUPENS e que inclui o Brasil, o Chile e a Colômbia. Esta pesquisa também contribuirá e se baseará nos métodos desenvolvidos pelo INFORMAS (International Network for Food and Obesity/Non-communicable Diseases Research, Monitoring and Action Support), cujo objetivo é monitorar o ambiente alimentar. A pesquisa também irá informar os gestores das políticas públicas, os defensores da saúde pública e a população sobre as áreas de possíveis melhorias nas políticas e na infraestrutura que podem tornar o ambiente alimentar dos países estudados mais saudáveis e sobre as práticas que podem prejudicar estes esforços de desenvolvimento e implantação de tais políticas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (13)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MIALON, MELISSA; CORVALAN, CAMILA; CEDIEL, GUSTAVO; SCAGLIUSI, FERNANDA BAEZA; REYES, MARCELA. Food industry political practices in Chile: ``the economy has always been the main concern{''}. GLOBALIZATION AND HEALTH, v. 16, n. 1, . (17/24744-0)
MIALON, MELISSA; GAITAN CHARRY, DIEGO ALEJANDRO; CEDIEL, GUSTAVO; CROSBIE, ERIC; BAEZA SCAGLIUSI, FERNANDA; PEREZ TAMAYO, ELIANA MARIA. ``The architecture of the state was transformed in favour of the interests of companies{''}: corporate political activity of the food industry in Colombia. GLOBALIZATION AND HEALTH, v. 16, n. 1, . (17/24744-0)
MIALON, MELISSA; VANDEVIJVERE, STEFANIE; CARRIEDO-LUTZENKIRCHEN, ANGELA; BERO, LISA; GOMES, FABIO; PETTICREW, MARK; MCKEE, MARTIN; STUCKLER, DAVID; SACKS, GARY. Mechanisms for addressing and managing the influence of corporations on public health policy, research and practice: a scoping review. BMJ OPEN, v. 10, n. 7, . (17/24744-0)
MIALON, MELISSA; CEDIEL, GUSTAVO; JAIME, PATRICIA CONSTANTE; SCAGLIUSI, FERNANDA BAEZA. `A consistent stakeholder management process can guarantee the `social license to operate{''}: mapping the political strategies of the food industry in Brazi. Cadernos de Saúde Pública, v. 37, n. 1, . (17/24744-0)
MIALON, MELISSA; MIALON, JONATHAN. Analysis of corporate political activity strategies of the food industry: evidence from France. PUBLIC HEALTH NUTRITION, v. 21, n. 18, p. 3407-3421, . (17/24744-0)
LAUBER, KATHRIN; RALSTON, ROB; MIALON, MELISSA; CARRIEDO, ANGELA; GILMORE, ANNA B.. Non-communicable disease governance in the era of the sustainable development goals: a qualitative analysis of food industry framing in WHO consultations. GLOBALIZATION AND HEALTH, v. 16, n. 1, . (17/24744-0)
MIALON, MELISSA; GAITAN CHARRY, DIEGO ALEJANDRO; CEDIEL, GUSTAVO; CROSBIE, ERIC; SCAGLIUSI, FERNANDA BAEZA; PEREZ TAMAYO, ELIANA MARIA. `I had never seen so many lobbyists': food industry political practices during the development of a new nutrition front-of-pack labelling system in Colombia. PUBLIC HEALTH NUTRITION, v. 24, n. 9, p. 2737-2745, . (17/24744-0)
PAIXAO, MARIA MARGARIDA; MIALON, MELISSA. Help or Hindrance? The Alcohol Industry and Alcohol Control in Portugal. INTERNATIONAL JOURNAL OF ENVIRONMENTAL RESEARCH AND PUBLIC HEALTH, v. 16, n. 22, . (17/24744-0)
MIALON, MELISSA; MIALON, JONATHAN; ANDRADE, GIOVANNA CALIXTO; JEAN-CLAUDE, MOUBARAC. `We must have a sufficient level of profitability': food industry submissions to the French parliamentary inquiry on industrial food. CRITICAL PUBLIC HEALTH, . (17/24744-0)
TANRIKULU, HACER; NERI, DANIELA; ROBERTSON, AILEEN; MIALON, MELISSA. Corporate political activity of the baby food industry: the example of Nestle in the United States of America. INTERNATIONAL BREASTFEEDING JOURNAL, v. 15, n. 1, . (17/24744-0, 16/25853-4)
MELISSA MIALON; GUSTAVO CEDIEL; PATRICIA CONSTANTE JAIME; FERNANDA BAEZA SCAGLIUSI. “Um processo consistente de gerenciamento dos stakeholders pode garantir a ‘licença social para operar’”: mapeando as estratégias políticas da indústria alimentícia no Brasil. Cadernos de Saúde Pública, v. 37, . (17/24744-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.