Busca avançada
Ano de início
Entree

O efeito do exercício aeróbio associado à terapia de contensão induzida modificada em indivíduos hemiparéticos crônicos: ensaio cliníco randomizado

Processo: 17/25185-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 30 de setembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Thiago Luiz de Russo
Beneficiário:Erika Shirley Moreira da Silva
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Aprendizagem motora   Fisioterapia   Funcionalidade

Resumo

Introdução: A recuperação dos movimentos do membro superior mais afeado em indivíduos pós-Acidente Vascular Cerebral (AVC) ainda é um desafio. A terapia de contensão induzida modificada (TCIm) apresenta forte evidências de ser eficiente para o aumento do uso e da função sensório-motora do membro parético. Estudos recentes têm demonstrado que a exercício aeróbio (EA) pode ser capaz de potencializar os efeitos de outras terapias. Objetivo: Verificar o efeito do EA intervalado de moderada a alta intensidade associado à TCIm sobre a melhora do uso e do desempenho sensório-motor do membro superior mais afetado em indivíduos hemiparéticos crônicos. Métodos: Indivíduos hemiparéticos crônicos serão aleatorizados em dois grupos: EA+TCIm e controle: alongamento+TCIm. A TCIm consiste na restrição do membro superior menos afetado por 90% de tempo; treino de tarefa orientada do braço mais afetado por 3 horas diárias durante 10 dias e intervenção comportamental para melhorar a adesão ao tratamento. O EA será realizado na bicicleta ergométrica de forma intervalada a uma intensidade de moderada a alta (60-85% da frequência cardíaca de reserva) baseada no Teste de Esforço Cardiopulmonar. Os indivíduos serão avaliados pré-intervenção; 3, 30 e 90 dias pós-intervenção pelos seguintes instrumentos/procedimentos: Motor Activity Log (MAL), Avaliação Sensorial de Nottingham, Wolf Motor Function Test (WMFT), Box and Block Test, Nine-Hole Peg Test e avaliação cinemática tridimensional do tronco, escápula, ombro, cotovelo e punho. Serão aplicados os testes de normalidade e homogeneidade (Teste de Komolgorvo-Smirnov e de Levene, respectivamente). Caso as variáveis tenham distribuição normal e homogênea será aplicado o teste Anova Two-Way com medidas repetidas e correção de Bonferroni. Será considerado um nível de significância de 5%. Caso o contrário, será aplicado o teste de Friedman seguido do teste de Wilcoxon para comparar as avaliações para cada grupo com ajuste de Bonferroni. Neste caso será considerado um nível de significância de 0,008. Para comparar os grupos em cada avaliação será utilizado o teste Mann-Whitney com ajuste de Bonferroni. Será considerado um nível de significância de 0,012.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA SILVA, ERIKA SHIRLEY MOREIRA; OCAMOTO, GABRIELA NAGAI; SANTOS-MAIA, GABRIELA LOPES DOS; DE FATIMA CARREIRA MOREIRA PADOVEZ, ROBERTA; TREVISAN, CLAUDIA; DE NORONHA, MARCOS AMARAL; PEREIRA, NATALIA DUARTE; BORSTAD, ALEXANDRA; RUSSO, THIAGO LUIZ. The Effect of Priming on Outcomes of Task-Oriented Training for the Upper Extremity in Chronic Stroke: A Systematic Review and Meta-analysis. NEUROREHABILITATION AND NEURAL REPAIR, v. 34, n. 6 MAY 2020. Citações Web of Science: 0.
MOREIRA DA SILVA, ERIKA SHIRLEY; SANTOS, GABRIELA LOPES; CATAI, APARECIDA MARIA; BORSTAD, ALEXANDRA; DUARTE FURTADO, NATALIA PEREIRA; VERZOLA ANICETO, ISABELA ARRUDA; RUSSO, THIAGO LUIZ. Effect of aerobic exercise prior to modified constraint-induced movement therapy outcomes in individuals with chronic hemiparesis: a study protocol for a randomized clinical trial. BMC Neurology, v. 19, n. 1 AUG 15 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.