Busca avançada
Ano de início
Entree

Processos de instabilização da corrente de contorno oeste profunda ao largo do platô de Pernambuco

Processo: 18/06153-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 01 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Física
Pesquisador responsável:Ilson Carlos Almeida da SIlveira
Beneficiário:Felipe Vilela da Silva
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Dinâmica dos fluidos   Correntes de contorno   Escoamento   Vórtices   Anticiclone

Resumo

O clima no planeta Terra é fortemente influenciado pela MOC (Meridional Overturning Circulation ou, em português, Circulação de Revolvimento Meridional), sendo a Corrente de Contorno Profunda (CCP) responsável por transportar a Água Profunda do Atlântico Norte (APAN) inter-hemisfericamente. A CCP flui adjacente à margem continental americana e tem sido consideravelmente estudada entre o sul do Mar do Labrador (48°N) e cerca de 35°S, ao largo da costa leste brasileira. No entanto, ao atingira faixa latitudinal entre 5°S e 11°S, a corrente se instabiliza e se quebra em vórtices anticiclônicos, que migram para o sul. Esta proposta visa a descrição e caracterização da localidade e das propriedades cinemáticas e dinâmicas da CCP nas imediações do sítio de instabilização. O desenvolvimento deste trabalho ocorrerá através da utilização do Método Dinâmico Clássico aplicado aos dados hidrográficos das Comissões da Marinha do Brasil Oceano Nordeste I e II. Padrões verticais e horizontais de circulação serão descritos tanto em níveis de profundidade diversos como promediados nas três camadas isopicnais que comumente são utilizadas para descrever a APAN. A fim de minimizar ruído amostral usuais ao cálculo da frequência de Brunt-Vaisällä, é proposto calcular a vorticidade potencial erteliana nestas três camadas. A super-posição dos campos de função de corrente e vorticidade potencial permitirão a inferência da evolução do escoamento e identificação tanto de propagação como de instabilidade da CCP e seus vórtices.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MORAIS KRELLING, ANA PAULA; GANGOPADHYAY, AVIJIT; DA SILVEIRA, ILSON; VILELA-SILVA, FELIPE. Development of a feature-oriented regional modelling system for the North Brazil Undercurrent region (1 degrees-11 degrees S) and its application to a process study on the genesis of the Potiguar Eddy. JOURNAL OF OPERATIONAL OCEANOGRAPHY, MAR 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.