Busca avançada
Ano de início
Entree

Diversidade genética, biogeografia e evolução de peixes da ordem Osteoglossiformes (Teleostei, osteoglossomorpha)

Processo: 17/10240-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Luiz Antonio Carlos Bertollo
Beneficiário:Manolo Fernandez Perez
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/02771-0 - História evolutiva de peixes Osteoglossiformes (Teleostei, osteoglossomorpha) acessada por Elementos Ultra Conservados (EUCs), BE.EP.PD
Assunto(s):Biogeografia   Diversidade genética   Evolução animal   Peixes

Resumo

A ordem Osteoglossiformes representa uma das mais antigas linhagens de Teleósteos que, juntamente com sua ampla distribuição geográfica, torna este grupo um objeto importante para estudos sistemáticos, biogeográficos e evolutivos. Atualmente, espécies viventes dessa ordem são encontradas em diversos rios e lagos da América do Sul, África, Ásia e Austrália. Tal distribuição pode ter contribuído para a diversidade presente neste grupo, possivelmente devido à necessidade das espécies de se adaptarem aos diferentes ambientes onde ocorrem. Das 06 famílias atualmente descritas, 03 delas apresentam uma distribuição restrita ao continente Africano (Pantodontidae, Mormiridae e Gymnarchidae), enquanto que as outras 03 (Arapaimidae, Notopteridae e Osteoglossidae), se encontram distribuídas em distintos continentes. Considerando sua origem muito antiga (~ 227 milhões de anos), esse padrão atual de distribuição poderia ser decorrente de eventos vicariantes ocorridos após a divisão da Gondwana, ainda que o registro fóssil e estudos recentes que incorporam a datação molecular não suportem totalmente essa teoria. Dados citogenéticos e genômicos, além de escassos, são restritos a poucas espécies. Essa falta de dados está associada, entre outros fatores, à sua ampla distribuição, com grupos endêmicos de diferentes continentes, dificultando um estudo integrativo que permite uma visão globalizada de seu processo evolutivo. Assim, o presente projeto busca avaliar a variabilidade genética presente na ordem Osteoglossiformes pelo emprego do sequenciamento de nova geração de regiões associadas a Elementos Ultra Conservados (EUCs) e de marcadores DArT-Seq (Diversity Array Technology Sequencing). Esses marcadores serão utilizados em uma ampla amostragem de representantes de todas as famílias da ordem Osteoglossiformes e serão utilizados para inferir se a diversificação de espécies próximas, atualmente presentes em continentes diferentes, se deram antes ou após a fragmentação dos mesmos por meio de dispersões marinhas de ancestrais atualmente extintos. Também serão realizadas análises de delimitação de espécies para as variantes de cor de Scleropages formosus (aruanã asiático), as quais podem corresponder a possíveis espécies distintas. Além disso, a história filogeográfica da espécie Arapaima gigas (pirarucu) será estudada com maior detalhe, a partir do desenvolvimento de modelos evolutivos que serão testados com metodologias recentes de análise filogeográfica. Aliada a este projeto encontra-se uma equipe integrada de pesquisadores de todos os 05 continentes, somando esforços para a investigação que está sendo proposta e garantindo assim a sua exequibilidade. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CIOFFI, MARCELO DE BELLO; RAB, PETR; EZAZ, TARIQ; CARLOS BERTOLLO, LUIZ ANTONIO; LAVOUE, SEBASTIEN; DE OLIVEIRA, EZEQUIEL AGUIAR; SEMBER, ALEXANDR; MOLINA, WAGNER FRANCO; SANTOS DE SOUZA, FERNANDO HENRIQUE; MAJTANOVA, ZUZANA; LIEHR, THOMAS; AL-RIKABI, AHMED BASHEER HAMID; YANO, CASSIA FERNANDA; VIANA, PATRIK; FELDBERG, ELIANA; UNMACK, PETER; HATANAKA, TERUMI; TANOMTONG, ALONGKLOD; PEREZ, MANOLO FERNANDEZ. Deciphering the Evolutionary History of Arowana Fishes (Teleostei, Osteoglossiformes, Osteoglossidae): Insight from Comparative Cytogenomics. INTERNATIONAL JOURNAL OF MOLECULAR SCIENCES, v. 20, n. 17 SEP 1 2019. Citações Web of Science: 0.
SANTOS DE SOUZA, FERNANDO HENRIQUE; PEREZ, MANOLO FERNANDEZ; CARLOS BERTOLLO, LUIZ ANTONIO; DE OLIVEIRA, EZEQUIEL AGUIAR; LAVOUE, SEBASTIEN; GESTICH, CARLA CRISTINA; RAB, PETR; EZAZ, TARIQ; LIEHR, THOMAS; VIANA, PATRIK FERREIRA; FELDBERG, ELIANA; CIOFFI, MARCELO DE BELLO. Interspecific Genetic Differences and Historical Demography in South American Arowanas (Osteoglossiformes, Osteoglossidae, Osteoglossum). GENES, v. 10, n. 9 SEP 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.