Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da cimentação e da resistência de união de dois diferentes tipos de pinos de fibra de vidro em simulações de reabsorções radiculares internas

Processo: 17/14203-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2018
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Cláudio Antonio Talge Carvalho
Beneficiário:Ricardo Toledo Abreu
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Resistência de união (odontologia)   Fibra de vidro

Resumo

A Reabsorção Radicular Interna (RRI) leva a um enfraquecimento estrutural dos dentes. Ainda existem pontos questionáveis na utilização de pinos de fibra de vidro na restauração de dentes comprometidos endodonticamente e com grande perda de estrutura radicular. Como proposta, este estudo pretende: analisar a espessura de cimento resinoso na cimentação dos pinos de fibra de vidro Reforpost® (Angelus) e Rebilda Post GT (VOCO) e avaliar a resistência de união de ambos os pinos em casos de RRI. Quarenta raízes de incisivos centrais superiores e pré-molares inferiores humanos serão padronizados em 16 mm de comprimento. Estas raízes serão incluídas em cilindros de resina acrílica e posteriormente seccionadas em sua metade para simulação da RRI. Os segmentos serão retornados à posição original com auxílio de parafusos. Todos os canais radiculares passarão por preparo biomecânico padronizado e uma medicação de pasta de hidróxido de cálcio (Ca(OH)2) permanecerá no canal por 15 dias. A remoção da pasta será feita por irrigação ultrassônica passiva e a qualidade da limpeza será avaliada por estereomicroscopia. Os canais radiculares serão obturados e o preparo intrarradicular para a cimentação do pino será padronizado. Serão 2 grupos (n=20), onde cada grupo será cimentado com um tipo de pino de fibra de vidro, utilizando-se o mesmo cimento resinoso para ambos. Cinco amostras de cada grupo serão analisadas por microtomografia computadorizada para avaliação do espaço de cimentação entre o pino e a parede dentinária do canal e das simulações de RRIs. A avaliação da resistência de união será feita através do teste push-out utilizando-se a máquina de ensaios mecânicos universal (EMIC) e os resultados serão submetidos à análise estatística com ANOVA 1 fator e ao teste de Tukey para comparação entre os grupos, ambos com ±=0,05. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ABREU, Ricardo Toledo. Análise da cimentação e da resistência de união de dois diferentes tipos de pinos de fibra de vidro em dentes com reabsorções radiculares internas simuladas. 2019. 78 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" Instituto de Ciência e Tecnologia (Campus de São José dos Campos)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.