Busca avançada
Ano de início
Entree

Proposição de modelos de geração de viagens de carga para a Região Metropolitana de São Paulo a partir de dados de O-D de carga

Processo: 18/01817-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 31 de maio de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Transportes - Planejamento de Transportes
Pesquisador responsável:José Geraldo Vidal Vieira
Beneficiário:Juliana Simokomacki Nicolosi
Instituição-sede: Centro de Ciências em Gestão e Tecnologia (CCGT). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Campus de Sorocaba. Sorocaba , SP, Brasil
Assunto(s):Logística   Transporte de carga   Bens de consumo   Prestação de serviços   Comércio   Regressão linear   Região metropolitana   São Paulo

Resumo

Impactos negativos como congestionamentos, emissão de poluentes, acidentes de trânsito, ruídos, entre outros, geralmente são ocasionados por uma alta demanda de veículos leves de carga que realizam entregas em centros urbanos, devido a um alto número de viagens de carga necessário. Os Polos Geradores de Viagens de Carga são exemplos de empreendimentos que atraem um grande número de viagens, contribuindo para o aumento desses impactos, aumento do fluxo de veículos e dificuldade de acesso das pessoas para o consumo de bens e serviços em uma determinada região. O objetivo desta iniciação científica é analisar os dados de fluxo de carga, obtidos na Pesquisa Origem e Destino de Carga realizada pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), e propor modelos de geração de viagem que possam minimizar os impactos gerados por empreendimentos e comércio local. A priori serão utilizados modelos de regressão linear como métodos de análise. Espera-se que seja possível também identificar quais regiões, dentro da Região Metropolitana de São Paulo, são mais afetadas e, futuramente, utilizar esses dados para incentivar a melhoria e desenvolver a logística urbana nessas regiões de maneira sustentável.