Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da suplementaç'ão com ácido graxo ômega-3 eicosapentaenóico (EPA) na cicatrizaç'ão de feridas em camundongos diabéticos: enfoque na via do NLRP3

Processo: 18/00529-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 30 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Hosana Gomes Rodrigues
Beneficiário:Beatriz Burger
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Limeira , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/06810-4 - Mecanismos de ação dos ácidos graxos ômega-3 e ômega-6 no processo de reparo tecidual: enfoque neuro-imunológico, AP.JP
Bolsa(s) vinculada(s):19/00481-5 - Efeitos dos ácido graxos ômega-3 no metaboloma de macrófagos isolados de sangue humano e na ferida de camundongos diabéticos, BE.EP.MS
Assunto(s):Ácidos graxos   Cicatrização   Inflamassomos   Fisiologia da pele   Diabetes mellitus

Resumo

A pele e a primeira barreira imunologica contra agentes fisicos, quimicos ou biologicos provenientes do ambiente externo e assim, deve ser reparada rapidamente quando danificada. Porem, o retardo na cicatrizac'ao de feridas afeta milhoes de pessoas no mundo aumentando a susceptibilidade a infecc'oes, amputac'oes e morte, principalmente em individuos diabeticos. Estudos realizados por nosso grupo demonstraram que a administrac'ao oral de acidos graxos omega-6 (É-6) e omega-9 (É-9) acelera a resposta inflamatoria na cicatrizac'ao de feridas em ratos. Por outro lado, acidos graxos É-3 prejudicam a cicatrizac'ao em camundongos normais por inibirem a resposta inflamatoria. Entretanto, nao se sabe quais os efeitos desses acidos graxos na cicatrizac'ao de feridas em diabeticos. Dados preliminares mostram que acidos graxos É-3 inibem a produc'ao de interleucina-1² (IL-1²) na fase inflamatoria da cicatrizac'ao, em animais diabeticos. Uma das vias que regulam a produc'ao/ativac'ao de IL-1² e o inflamassoma, principalmente o NLRP-3. Assim, no presente estudo iremos investigar os efeitos da administrac'ao oral com oleo rico em acidos graxos É-3, no processo de cicatrizac'ao em animais diabeticos, enfocando na via do inflamassoma NLRP3. Para tanto, camundongos C57Black/6 machos, com diabetes induzido por streptozotocina, serao divididos em dois grupos: (D) diabeticos; (EPA-D) animais diabeticos que receberao EPA. Os animais receberao oleo rico em EPA durante quatro semanas e entao serao realizadas as feridas no dorso dos animais. As analises do tecido cicatricial serao realizadas nos tempos 0h, 1, 3, 7, 10, 14 e 21 dias. Os metodos a serem utilizados serao analise macroscopica do fechamento da ferida, espectrometria de massa para quantificac'ao de mediadores inflamatorios lipidicos, ELISA (Ensaio Imunoenzimatico) para quantificar mediadores inflamatorios, citometria de fluxo para imunofenotipagem celular, imunoblot e PCRrt para avaliac'ao das proteinas do complexo inflamassoma NLRP3. Alem disso serao utilizados animais nocautes para NLRP3 para avaliarmos a importancia de NLRP3 para o processo de reparo tecidual nos camundongos diabeticos suplementados com EPA. Os dados serao analisados test t de student ou One-way ANOVA. (AU)