Busca avançada
Ano de início
Entree

Proteínas salivares candidatas a marcadores de toxicidade bucal associada à radioterapia

Processo: 18/04657-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Alan Roger dos Santos Silva
Beneficiário:Natália Rangel Palmier
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Transtornos de deglutição   Estomatite   Disgeusia   Neoplasias bucais   Estomatologia

Resumo

Objetivos: Atualmente há uma grande busca por tratamentos personalizados de acordo com o perfil molecular das doenças com o intuito de aumentar a eficiência do tratamento e diminuir as taxas de toxicidade. O presente estudo pretende caracterizar o perfil proteômico salivar de pacientes tratados do câncer de cabeça e pescoço (CCP) a fim de correlacionar os resultados do proteoma salivar com o risco de desenvolvimento de toxicidades orais da radioterapia (RT) e com a gravidade clínica destas complicações. Pacientes e Métodos: 50 pacientes diagnosticados com CEC de cavidade oral que iniciarão protocolos curativos de RT adjuvante ou quimiorradioterapia (QRT), serão avaliados prospectivamente. Toxicidades agudas serão avaliadas diariamente durante a RT e nas consultas de acompanhamento odontológico 1 e 3 meses após o término da RT (D+30 e D+90, respectivamente). Para as toxicidades crônicas haverão avaliações adicionais em base trimestral de acordo com o ambulatório odontológico de cuidados pós-RT do ICESP/FMUSP. Disfagia, disgeusia, mucosite e osteorradionecrose serão classificadas de acordo com o Common Toxicity Criteria for Adverse Events (NCI, Version 4.0, 2010). A xerostomia será avaliada de acordo com a escala adaptada de Eisbruch et al., 2003. A cárie relacionada à RT (CRR) será classificada de acordo com o Post-Radiation Dental Index (Walker et al., 2008). A saliva total será coletada em 4 etapas para toxicidades agudas (D-1; D30; D+30RT e D+90) e em 7 etapas para as crônicas (coletas adicionais D+180; D+270; D+360) seguido de análise proteômica baseada em espectrometria de massas (MS/MS). Resultados esperados: Caracterizar biomarcadores que permitam a identificação de pacientes propensos a desenvolver toxicidades orais graves da RT para CCPs.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PAGLIONI, MARIANA DE PAULI; DAMACENO ARAUJO, ANNA LUIZA; ARISTIZABAL ARBOLEDA, LADY PAOLA; PALMIER, NATALIA RANGEL; FONSECA, JESSICA MONTENEGRO; GOMES-SILVA, WAGNER; CAMILO MADRID-TROCONIS, CRISTHIAN; SILVEIRA, FELIPE MARTINS; MARTINS, MANOELA DOMINGUES; FARIA, KARINA MORAIS; PRADO RIBEIRO, ANA CAROLINA; BRANDAO, THAIS BIANCA; LOPES, MARCIO AJUDARTE; PAES LEME, ADRIANA FRANCO; MIGLIORATI, CESAR AUGUSTO; SANTOS-SILVA, ALAN ROGER. Tumor safety and side effects of photobiomodulation therapy used for prevention and management of cancer treatment toxicities. A systematic review. Oral Oncology, v. 93, p. 21-28, JUN 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.