Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação de tecnologia de Internet das Coisas para SmartHome no cuidado remoto de plantas e alimentação de animais domésticos

Processo: 18/07039-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de maio de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Eletrônica Industrial, Sistemas e Controles Eletrônicos
Pesquisador responsável:Odilon Afonso Vieira Cenamo
Beneficiário:Daniel Brogini de Assis
Empresa:Cenamo Tecnologia Eireli
CNAE: Fabricação de aparelhos e equipamentos de medida, teste e controle
Vinculado ao auxílio:17/08407-3 - Aplicação de tecnologia de Internet das Coisas para SmartHome no cuidado remoto de plantas e alimentação de animais domésticos, AP.PIPE
Assunto(s):Internet das coisas   Experiência do usuário   Ambiente inteligente   Aplicativos móveis   Wireless   Plantas   Cultivo de plantas   Animais domésticos

Resumo

O presente projeto visa realizar uma prova de conceito de aplicação de Internet das Coisas para sistema de cuidado de plantas domésticas e alimentação de animais de estimação automáticos, controlada e monitorada via software web ou aplicativo à distância pelo usuário, em uma arquitetura tecnológica de SmartHome. Já foi realizado um protótipo bem-sucedido de ambos os mecanismos utilizando a plataforma Arduíno, sensores, atuadores e módulos WiFi baseados em ESP8266 ao longo de 2015-2016, que gerou grande interesse comercial inclusive em apresentações em feiras setoriais. No entanto, acreditamos que para que se torne um produto comercial com alta diferenciação/longevidade é preciso investir em pesquisa e desenvolvimento para aprimorar ambos os produtos em relação ao estado da arte das tecnologias de IoT em SmartHome, além de pesquisa em termos de usabilidade e experiência de usuário. Em relação a ambas as soluções, encaramos como principal desafio de pesquisa e item de maior incerteza quanto ao sucesso comercial das tecnologias propostas o de avaliação e aprimoramento da usabilidade e experiência do usuário, tanto em termos do dispositivo físico como das interfaces de software, tomando como base estudos e teorias da área de Interação Homem-Computador (IHC) e metodologia Design Thinking. Outro desafio comum a ambas as soluções é a definição da arquitetura para que ambas as aplicações (e futuras potenciais aplicações) possam ser integradas em uma mesma plataforma de SmartHome, maximizando o potencial de valor que pode ser agregado à solução. Como desafios tecnológicos em relação à solução de cuidado de plantas domésticas temos a adição de sensores ambientais (luminosidade/temperatura) e de grau de fertilização do solo (além do sensor de umidade, já existente), bem como a transição para uma solução de sensoriamento e atuação da rega sem alimentação via rede elétrica, utilizando comunicação sem fio e projeto de firmware e hardware preparado para baixíssimo consumo de energia de forma a maximizar a autonomia do sistema atuando na bateria. Em relação à solução de alimentação de animais de estimação o desafio tecnológico é aprimorar o mecanismo alimentador, bem como os mecanismos de interação à distância e sensoriamento de nível de suprimentos no armazenamento interno e na tigela do animal, o que pode futuramente ser associado a uma plataforma de reposição de suprimentos recorrente, ligando o consumidor diretamente com a indústria de alimentos animais. Também serão aprofundados estudos de integração dos dispositivos com plataformas de agregação e tratamento de dados a fim de fornecer serviços inteligentes e úteis aos usuários. (AU)