Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da regulação da fosforilação da eNOS no resíduo Tyr81

Processo: 18/10414-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Cardiorenal
Pesquisador responsável:Gilberto de Nucci
Beneficiário:Alberto Fernando Oliveira Justo
Supervisor no Exterior: Ingrid Fleming
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa: Goethe University Frankfurt, Alemanha  
Vinculado à bolsa:16/09539-8 - Identificação e caracterização farmacológica, eletrofisiológica e morfológica de novo canal de sódio tetrodotoxina-resistente acoplado à musculatura lisa de corpo cavernoso de cobra, BP.DD
Assunto(s):Tirosina   Óxido nítrico sintase   Células endoteliais

Resumo

Foi demonstrado que a fosforilação da óxido nítrico sintase (NO) endotelial (eNOS) em Tyr81 aumenta a produção de NO e o relaxamento dos vasos sanguíneos em resposta à estimulação por agonistas. Embora se tenha relatado inicialmente que a Src fosforila este resíduo de tirosina, a regulação da fosforilação deste local permanece largamente inexplorada. O trabalho preliminar do Instituto de Sinalização Vascular demonstrou que a proteína tirosina quinase ABL1 e a proteína tirosina fosfatase endotelial vascular (VE-PTP) modulam a fosforilação da eNOS em Tyr81 em células endoteliais humanas in vitro. Outros estudos estabelecerão a relevância desses achados para a modulação de respostas vasculares dependentes de NO em vasos intactos. Além disso, como ABL1, VE-PTP e eNOS demonstraram desempenhar um papel na modulação da integridade da barreira endotelial, os efeitos da inibição de ABL1 e VE-PTP na permeabilidade vascular serão determinados. (AU)