Busca avançada
Ano de início
Entree

A constituição dialógica de Frankeinstein: ressignificações da existência humana em Penny Dreadful

Processo: 17/27202-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Filosofia da Linguagem
Pesquisador responsável:Luciane de Paula
Beneficiário:Jonathan Eliã de Almeida Nunes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Assunto(s):Ideologia   Sujeito   Intertextualidade   Diálogo

Resumo

O projeto propõe analisar, fundamentados nos estudos da filosofia da linguagem bakhtiniana, a construção de imagens frankensteinianas (por meio do nascimento dos sujeitos Victor Frankenstein, Caliban - mais tarde auto proclamado como John Clare - Proteus e Lily na relação que possuem entre si) existentes na série Penny Dreadful (2014), em diálogo (intertexto e interdiscurso) com o romance Frankenstein (1818), de Mary Shelley. Para isto, serão mobilizados os conceitos de sujeito, ideologia e enunciado, postulados no interior do Círculo de Bakhtin, Medvedev e Volochinov. O objetivo é compreender como o sujeito é constituído por contrários contraditórios - bem e mal, morte e vida, luz e sombras - não de maneira dicotômica, mas ambivalente e, com isso, perceber o quão humano é cada Frankenstein e o quão frankensteiniano é o homem - essa é a relevância desta proposta de estudo. Nesse sentido, arte e vida se entrecruzam por meio dos valores que constituem os enunciados, de maneira refletida e refratada, sem finalização, mas com acabamento estético. A hipótese é a de que a interdiscursividade e a intertextualidade são os traços arquitetônicos composicionais autorais da série e que, por meio deles, a essência frankensteiniana humana contrária contraditória se constitua e explicite materialmente na linguagem. Trata-se de uma pesquisa qualitativa de natureza bibliográfica. O método a ser utilizado é o que Volochínov denomina de sociológico, por cotejo, com etapas de descrição, análise e interpretação. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.