Busca avançada
Ano de início
Entree

Modulação da resposta imune por melatonina frente à infecção por Toxoplasma gondii

Processo: 18/03888-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia
Pesquisador responsável:Cristina Ribeiro de Barros Cardoso
Beneficiário:Cássia Aparecida Sebastião
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Melatonina   Toxoplasma gondii   Imunorregulação

Resumo

A toxoplasmose causada pelo protozoário Toxoplasma gondii (T.gondii), membro coccídeo do filo Apicomplexa infecta aproximadamente um terço da população humana mundial. Em regiões endêmicas, com destaque para o Brasil, cerca de 50 a 80% da população já foi exposta à infecção por T. gondii ao menos uma vez, sendo que casos de múltiplas exposições a diferentes cepas são comuns. A identificação de moléculas com potencial terapêutico e a compreensão de suas ações nos mecanismos de modulação da resposta imune, tem contribuído de maneira importante no desenvolvimento de novas terapias para doenças de origem infecciosas. Estudos prévios, demonstraram ações do hormônio melatonina sobre ambos, imunidade do hospedeiro e ciclo replicativo de diversos patógenos, o que potencializa o controle dos mesmos. Nesse sentido, temos como objetivo estudar a influência do tratamento com melatonina na modulação da infecção por T.gondii. Para isso, camundongos C57BL/6 serão infectados com a cepa cistogênica (ME49) de T.gondii e tratados com melatonina para verificar seu potencial terapêutico na resolução da doença. Os sinais clínicos e a funcionalidade imunológica dos animais serão avaliados de maneira abrangente. Para tanto, analisaremos o infiltrado celular, lesões teciduais, produção de citocinas pró e anti-inflamatórias, bem como a resposta regulatória tecidual. Finalmente, espera-se, com este projeto, atestar o impacto da melatonina na competência imunológica do hospedeiro ao desafio com o patógeno T.gondii.Palavras-chave: Melatonina; Toxoplasma gondii, imunidade de mucosa