Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de genes regulatórios de maciez, marmoreio e coloração da carne de bovinos terminados com diferentes dietas utilizando dados integrados de proteômica e transcriptômica

Processo: 18/00981-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 31 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Pesquisador responsável:Luis Artur Loyola Chardulo
Beneficiário:Welder Angelo Baldassini
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Proteoma   Nutrigenômica   Maciez

Resumo

Nos confinamentos de bovinos de corte, dietas de terminação com alta proporção de amido (e 70%) podem ser utilizadas. Alternativamente, visando a diminuição dos custos das formulações, a redução do milho grão (principal fonte de amido) é possível por meio da utilização de subprodutos como os grãos de destilaria (WDG). No entanto, os impactos da redução do amido pelo uso de WDG sobre a lipogênese intramuscular e qualidade da carne são ainda desconhecidos. Nesse contexto, objetiva-se estudar genes e proteínas associadas as características de maciez, marmoreio e coloração para compreensão de suas vias e inter-relações metabólicas a partir de dados integrados de proteômica e transcriptômica. Com essas abordagens, também serão estudados os efeitos da redução das proporções de amido na dieta de terminação por meio da inclusão de WDG sobre o metabolismo lipídico e características de qualidade de carne (maciez, marmoreio e coloração) de bovinos mestiços. O confinamento experimental será o mesmo do projeto FAPESP (processo 2016/04478-0), no qual serão utilizados 100 bovinos machos não castrados, F1 Angus-Nelore. Os animais serão submetidos a dieta de terminação contendo WDG em quatro níveis de insclusão (0, 15, 30 e 45%). Após o abate, amostras do músculo longissimus thoracis (LT) serão coletadas. Alíquotas do LT serão coletadas imediatamente ao abate e armazenadas em nitrogênio líquido para subsequente estudo molecular. Serão determinadas: força de cisalhamento (FC), perdas por cocção (PPC), espessura de gordura subcutânea (EGS), área de olho de lombo (AOL), proteólise miofibrilar (MFI), índice de marmorização (IM), luminosidade (L*), Chroma (saturação) e Hue (cor real). A abordagem molecular utilizará pool de amostras do músculo LT dos animais que receberam a dieta controle (n = 25) versus aqueles que receberam WDG (15, 30 e 45%). Assim, estudos proteômicos utilizando eletroforese bidimensional e espectrometria de massas serão conduzidos com esses animais. O transcriptoma do músculo LT dos mesmos animais será investigado por RNA-seq. A maior inclusão de WDG atrelada a redução da proporção de amido pode levar a alteração na deposição de gordura intramuscular e demais características até então desconhecidas, efeito que pode estar associado ao papel de proteínas centrais do metabolismo lipídico. Não existem na literatura estudos que investigaram tais hipóteses em bovinos mestiços F1 Angus-Nelore, destacando a importância da proposta corrente. Adicionalmente, as relações entre as variáveis FC, PPC, EGS, AOL, MFI, IM, L*, Chroma, Hue, proteínas e genes serão estudadas por análise de componentes principais, de agrupamento não hierárquico (K-means) e análise discriminante. São escassos os estudos com abordagem multivariada dos dados de qualidade de carne e biologia molecular. É fundamental a melhoria de características de importância econômica para indústria e consumidores, visando também a utilização dessas informações em programas de seleção e pesquisa básica em nutrigenômica. O tema é atual e relevante em genética e melhoramento dos animais, o qual será estudado por abordagem metodológica inovadora que busca relacionar características fenotípicas com processos celulares em seu nível molecular.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.