Busca avançada
Ano de início
Entree

Abordagem proteômica para avaliação de vias relacionadas ao controle da Infecção por Leishmania major dependente de óxido nítrico (no)

Processo: 18/09509-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 30 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Dario Simões Zamboni
Beneficiário:Adriene Yumi Ishimoto
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/08216-2 - CPDI - Centro de Pesquisa em Doenças Inflamatórias, AP.CEPID
Assunto(s):Proteômica   Biologia computacional   Óxido nítrico   Leishmaniose

Resumo

A leishmaniose é um problema de saúde pública em regiões tropicais e subtropicais, sendo endêmica em 98 países. Sua manifestação clínica é determinada pela espécie de Leishmania infectante e pela resposta imune do hospedeiro. O principal tipo celular responsável pela eliminação do patógeno in vivo é o macrófago. Entre seus mecanismos de defesa, está a produção de óxido nítrico. Para identificar vias relacionadas com a resposta imune envolvendo esse mecanismo, utilizaremos uma abordagem proteômica. Submeteremos as proteínas quantificadas de macrófagos murinos derivados de medula óssea, infectados ou não por Leishmania major, em condições experimentais de aumento ou deficiência de óxido nítrico através de espectrometria de massas acoplada à cromatografia líquida, a diversos testes estatísticos para a determinação das proteínas diferencialmente expressas. A partir disso, analisaremos as proteínas diferencialmente expressas através de ferramentas para calcular o enriquecimento de vias e realizar ontologia gênica, bem como ferramentas para construir redes de interação proteica. Isso possibilitará o entendimento global das funções biológicas alteradas em cada uma das condições. Dessa forma, determinaremos vias relevantes para que, em estudos posteriores, estas possam ser validadas experimentalmente e possam servir como novas linhas de pesquisa.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.