Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da autofagia mediada pelos receptores de progestágenos para combater a toxicidade da proteína tau em modelo celular de tauopatia

Processo: 17/23616-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 31 de maio de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Rodrigo Portes Ureshino
Beneficiário:Taysa Bervian Bassani
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/20796-2 - Estudo da autofagia mediada pelos receptores de estrógeno para combater a toxicidade da proteína tau em modelos celular e animal de zebrafish, AP.JP
Assunto(s):Fármacos neuroprotetores   Neuroproteção   Doenças neurodegenerativas   Doença de Alzheimer   Cultura de células   Autofagia

Resumo

Os efeitos neuroprotetores dos progestágenos em processos degenerativos, como a doença de Alzheimer, têm sido sugeridos por muitos estudos. A modulação da autofagia é considerada uma estratégia para o tratamento de tauopatias, como a doença de Alzheimer, que está associada à formação de agregados intracelulares da proteína tau na forma hiperfosforilada. Estudos indicam que os progestágenos podem regular o processo autofágico, mas o papel desses neuroesteróides foi pouco explorado no sistema nervoso central. Desta forma, este projeto visa investigar o envolvimento de receptores de progestágenos na modulação da autofagia em modelo celular de tauopatia. Para isso, será utilizado um modelo celular de neurônios que superexpressem a proteína tau humana (tau 4R ou P301L). Será avaliada a modulação da autofagia pela ativação/inibição de receptores de progestágenos com agonistas e antagonistas seletivos, além de drogas selecionadas a partir de uma biblioteca de compostos relacionados a estes receptores, com foco em compostos que sejam capazes de diminuir o acúmulo de agregados proteicos neste modelo. Também será feito um estudo da sinalização intracelular e avaliação da bioenergética mitocondrial que possam ser moduladas pela ativação/inibição de receptores de progestágenos. Considerando que os progestágenos têm um papel importante na neuroproteção, a regulação da autofagia pela modulação dos seus receptores pode fornecer novas alternativas terapêuticas para a doença de Alzheimer.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
URESHINO, RODRIGO PORTES; ERUSTES, ADOLFO GARCIA; BASSANI, TAYSA BERVIAN; WACHILEWSKI, PATRICIA; GUARACHE, GABRIEL CICOLIN; NASCIMENTO, ANA CAROLINA; COSTA, ANGELICA JARDIM; SMAILI, SORAYA SOUBHI; DA SILVA PEREIRA, GUSTAVO JOSE. The Interplay between Ca2+ Signaling Pathways and Neurodegeneration. INTERNATIONAL JOURNAL OF MOLECULAR SCIENCES, v. 20, n. 23 DEC 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.