Busca avançada
Ano de início
Entree

Aperfeiçoamento e inovações aplicados para detecção e monitoramento de Imunopatologias e Câncer

Processo: 18/00314-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de maio de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Convênio/Acordo: FINEP - PIPE/PAPPE Subvenção
Pesquisador responsável:Edgar Borges de Oliveira Junior
Beneficiário:Jusley Lira Sousa
Empresa:Immunogenic Assessoria e Diagnóstico em Saúde Ltda - EPP
CNAE: Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Atividades de apoio à gestão de saúde
Vinculado ao auxílio:17/10089-0 - Aperfeiçoamento e inovações aplicados para detecção e monitoramento de imunopatologias e câncer, AP.PIPE
Assunto(s):Triagem neonatal   Agamaglobulinemia   Linfócitos B   Síndromes de imunodeficiência   Mieloma múltiplo   Leucemia linfocítica crônica de células B   Técnicas e procedimentos diagnósticos

Resumo

As imunodeficiências primárias (IDPs) são um grupo de doenças com expressão heterogênea, que geralmente se manifestam desde os primeiros dias de vida até os sete anos de idade. O objetivo da triagem neonatal é identificar recém-nascidos assintomáticos com doenças potencialmente graves ou fatais com possibilidade de tratamento, resultando em redução significativa da morbidade e mortalidade. Por meio do balanço Kappa / Lambda, identificamos outras possibilidades de utilização da leitura de LECs associada à leitura de KRECs, como melhora na acurácia de análise de linfócitos B, possibilitando identificar imunodeficiências congênitas que apresentam redução parcial de linfócitos B. Outra aplicação a ser validada é avaliação de KRECs e LECs em pacientes com leucemia linfoide crônica e miloma múltiplo, os quais acreditamos ser possível identifica-los ainda em fases assintomáticas da doença. Nosso objetivo é desenvolver uma nova ferramenta aplicável para identificação precoce de todas as formas de agamopatias em todas as suas formas em recém-nascidos, além das possíveis Síndromes associadas, e também de alguns tipos de cânceres como Leucemia Linfóide Crônica e Mieloma Multiplo em adultos, outro extremo da vida humana. Validado o teste, teremos ao final deste projeto um produto final em forma de kit (plasmídeos + oligos + sonda) que nos permitirá patente e venda, além da possibilidade de oferecer serviços de triagem destes pacientes aos médicos, ajudando-os com o diagnóstico e tomadas de decisões quanto ao tratamento adequado para cada caso. Pretendemos assim ser referência no Brasil em triagem e diagnóstico para Imunopatologias graves e alguns tipos de canceres, podendo expandir mercado para o exterior, ao começar pela a América Latina e numa segunda etapa a Europa. (AU)