Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da eficácia de formulações fotoprotetoras contendo filtros solares e nanopartículas lipídicas sólidas de quercetina em modelo de pele reconstituída

Processo: 18/10481-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 14 de julho de 2018
Vigência (Término): 31 de março de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Lorena Rigo Gaspar Cordeiro
Beneficiário:Camila Martins Kawakami
Supervisor no Exterior: Monika Schafer-Korting
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : Freie Universität Berlin, Alemanha  
Vinculado à bolsa:15/10017-3 - Avaliação da segurança e eficácia de formulações fotoprotetoras em pele humana reconstituída: efeito da fotoestabilidade em marcadores ligados ao fotoenvelhecimento e câncer de pele, BP.DR
Assunto(s):Cosméticos   Eficácia

Resumo

Sabe-se que a aplicação regular de filtros solares é a maneira mais efetiva de se prevenir contra os efeito nocivos das radiação UV, tais como queimaduras solares, imunossupressão, fotoenvelhecimento, danos no DNA e câncer. Além disso, atualmente existe uma tendência na utilização compostos naturais, como os polifenóis, com o propósito de ampliar a fotoproteção. As formulações fotoprotetoras adicionadas de substâncias antioxidantes podem ter efeitos fotoprotetores sinérgicos quando comparados com o uso desses agentes isolados. Atualmente, existem vários estudos na literatura demonstrando a eficácia de formulações fotoprotetoras utilizando cultura celular, modelos in vivo e voluntários humanos; no entanto, existem poucos estudos empregando modelos de pele reconstituída, que substituem a experimentação animal e são mais relevantes, uma vez que utilizam células humanas. Portanto, este estudo é relevante, uma vez que tem como objetivo avaliar a eficácia de formulações fotoprotetoras contendo filtros solares e nanopartículas lipídicas sólidas contendo quercetina, usando modelo de pele humana reconstituída. Para tal, duas formulações fotoprotetoras (contendo ou não quercetina) serão aplicadas nos modelos de pele reconstituída e serão submetidas à detecção de dímeros de ciclobutano pirimidina (CPDs), utilizando imunofluorescência e quantificação de MMP-1 e IL-6 pelo ensaio ELISA. Além disso, as duas formulações serão submetidas à avaliação de formação de espécies reativas do oxigênio, utilizando espectroscopia de ressonância paramagnética eletrônica (EPR). A colaboração com a Prof. Dra. Monika Schäfer-Korting e o grupo Prof. Juergen Lademann contribuirá para o desenvolvimento de um modelo de pele bem sucedido e produzirá publicações mais relevantes com grupos internacionais, aumentando o impacto desta pesquisa.