Busca avançada
Ano de início
Entree

índice de qualidade do carboidrato e fatores de risco cardiometabólicos em adolescentes, adultos e idosos residentes em São Paulo e nos Estados Unidos da América

Processo: 18/08268-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Regina Mara Fisberg
Beneficiário:Mariane de Mello Fontanelli
Supervisor: Eirini Micha
Instituição Sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Tufts University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:16/18742-1 - Índice de qualidade do carboidrato: panorama da última década, relação com o status de micronutrientes e a resistência à insulina, BP.DR
Assunto(s):Epidemiologia nutricional   Brasil   Fatores de risco
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Brazil | Carbohydrate Quality | risk factors | socioeconomic factors | United States of America | Epidemiologia nutricional

Resumo

Os fatores de risco metabólicos causam impacto substancial na carga global de doenças e exigem políticas de monitoramento. Nas duas últimas décadas, o índice de massa corporal (IMC), a pressão arterial, a glicose plasmática de jejum e o colesterol total aumentaram significativamente e padrões variados foram identificados entre os países, mesmo em países com nível semelhante de desenvolvimento. A dieta desempenha um papel central na promoção da saúde e na prevenção de doenças. Dietas com alto índice glicêmico, ricas em carboidratos líquidos e refinados, mas pobres em fibras e grãos integrais estão relacionadas a efeitos deletérios à saúde. O índice de qualidade de carboidratos (IQC) é uma medida global da qualidade de carboidratos e uma nova proposta para avaliar a relação entre a ingestão de carboidratos e a doença. Considerando que a qualidade da dieta e os fatores de risco metabólicos variam entre os países, o objetivo deste estudo é comparar o IQC e sua associação com a prevalência de fatores de risco cardiometabólicos entre a população de São Paulo e dos Estados Unidos da América (EUA). Os dados são provenientes de dois estudos de base populacional: Inquérito de Saúde de São Paulo com foco em Nutrição (ISA-Nutrição 2015), com 901 participantes de 12 anos ou mais; e o Inquérito Nacional de Saúde e Nutrição dos EUA (NHANES 2015-2016), com 7.035 participantes da mesma faixa etária. Dados socioeconômicos, antropométricos, clínicos e de estilo de vida, bem como amostras de sangue foram coletados por entrevistas pessoais e por telefone. Dois recordatórios alimentares de 24 horas foram utilizados para avaliar a ingestão de nutrientes e serão utilizados para estimar o IQC. A associação desse índice com fatores de risco cardiometabólicos será avaliada por meio de modelos de regressão múltipla ajustados para fatores de confusão apropriados, considerando o efeito mediador da circunferência da cintura.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FONTANELLI, MARIANE DE MELLO; MICHA, RENATA; SALES, CRISTIANE HERMES; LIU, JUNXIU; MOZAFFARIAN, DARIUSH; FISBERG, REGINA MARA. Application of the <= 10:1 carbohydrate to fiber ratio to identify healthy grain foods and its association with cardiometabolic risk factors. EUROPEAN JOURNAL OF NUTRITION, v. 59, n. 7, p. 3269-3279, . (18/08268-6, 16/18742-1, 12/22113-9)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.