Busca avançada
Ano de início
Entree

Entre a vitalidade do espaço público e a fragmentação socioespacial: o caso do Parque Ecológico de Rio Verde (Rio Verde - GO)

Processo: 18/07390-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Eda Maria Góes
Beneficiário:Hanna Alves Vasconcelos
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Geografia urbana   Espaço público   Segregação urbana   Áreas de conservação

Resumo

O projeto tem como objetivo estudar as relações entre cidade e espaço público, com foco em parques públicos, dentro do contexto urbano das cidades médias, dando especial atenção para os processos de segregação e fragmentação socioespacial presentes nas cidades brasileiras. Tendo como objeto de estudo o caso do Parque Ecológico de Rio Verde, uma estrutura de lazer localizado numa área requalificada no sudoeste da cidade de Rio Verde - GO. O estudo desse parque público deve levar em conta os requisitos que, segundo Brandão (2011), comprovam (ou não) a qualidade do espaço. (AU)