Busca avançada
Ano de início
Entree

Composição pigmentar dos melanomacrófagos hepáticos em 15 espécies de anuros

Processo: 18/10399-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 31 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Classius de Oliveira
Beneficiário:Ariane Natalia Queiroz
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/01078-7 - O fígado de anfíbios anuros: morfologia comparada entre 10 espécies e ação do benzopireno nos melanomacrófagos de Physalaemus cuvieri, AP.R
Assunto(s):Anura   Fígado   Lipofuscina   Histologia animal

Resumo

O bolsista TT3 atuará em ambos, porém especialmente no subprojeto "Histologia e histomorfometria hepática de espécies de anuros do Pantanal - Mato Grosso do Sul", em função deste demandar um elevado esforço de processamento histológico (inclusão em historesina, microtomia, colorações com Hematoxilina-Eosina, Perls e solução de Schmorl, caputra de imagens em microscópio óptico e análises de imagens) do material previamente coletado e fixado de 10 espécies de anuros pertencentes à quatro famílias diferentes: Pseudis paradoxa, Lysapsus limellum, Trachycephalus typhonius e Boana raniceps (Hylidae); Leptodactylus chaquensis, Leptodactylus podicipinus e Physalemus albonotatus (Leptodactylidae); Dermatonotus muelleri e Elachistocleis matogrosso (Microhylidae), e Pithecopus azureus (Phyllomedusidae). Além disso, o bolsista dará continuidade às análises do material proveniente do projeto recém-concluído (Proc. 2015/12006-9), pois pretendemos realizar análises comparativas abrangentes envolvendo o atual projeto, utilizando igual número de exemplares machos adultos de cada espécie (P. cuvieri, B. albopunctatus, L. fuscus, D. nanus e D. minutus) nas estações climáticas correspondentes ao projeto anterior. Também pretendemos analisar a morfometria da arquitetura hepática (estabelecer a densidade volumétrica dos componentes hepáticos correlacionando com o índice hepatossomático) e a composição pigmentar dos melanomacrófagos (melanina, lipofuscina e hemosiderina). (AU)