Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação sistemática de impactos de ações e programas de CT&I

Processo: 18/09094-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Sergio Luiz Monteiro Salles Filho
Beneficiário:Muhsen Hammoud
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Tecnologia   Inovação   Ciência   Agências de fomento   Indicadores de ciência, tecnologia e inovação   Produção científica   Pesquisa científica

Resumo

A presente pesquisa justifica-se perante a necessidade de desenvolver e aplicar metodologias de avaliação de impactos multidimensionais em agências de fomento a PDI. Nesta linha, dois objetivos serão buscados, tendo como base três casos da FAPESP: 1) Explorar e desenvolver, dos pontos de vista conceitual e aplicado, possibilidades metodológicas de avaliação de impactos de programas da FAPESP a partir de dados secundários, provenientes tanto de bases estruturadas como não estruturadas, envolvendo inclusive Big Data; e 2) Desenvolver e implantar metodologia de avaliação contínua de impactos em agências de fomento, com aplicação em programas escolhidos da FAPESP. No presente projeto elegeu-se os seguintes programas/linhas de fomento como objetos de avaliação: Bolsas de iniciação científica, mestrado e doutorado; Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE); e Acordos Internacionais de Cooperação. Com esses três objetos será possível desenvolver metodologia, definir indicadores e formas de busca de dados e oferecer à FAPESP - com possíveis desdobramentos para outras agências - uma metodologia ao mesmo tempo conceitualmente sólida e aplicável para diferentes perfis de programas e linhas de fomento. Do ponto de vista metodológico, as seguintes diretrizes serão empregadas no trabalho: I) a avaliação de impactos deverá contar com contrafactuais; II) os indicadores serão identificados e validados com stakeholders; III) serão empregadas dados primários e secundários; IV) os dados obtidos serão tratados estatisticamente de forma a encontrar padrões e correlações, buscando identificar relações entre características e perfis de projetos e beneficiários com indicadores de resultados e impactos. A Bolsista TT1 neste caso, irá apoiar atividades de base relacionadas aos dois objetivos transversais do projeto, conforme plano de atividades em anexo. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.