Busca avançada
Ano de início
Entree

Representação de um microtesauro em SKOS: um estudo metodológico

Processo: 18/06712-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Ciência da Informação - Biblioteconomia
Pesquisador responsável:Rogério Aparecido Sá Ramalho
Beneficiário:Marilia Winkler de Morais
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Organização do conhecimento   Vocabulários controlados   Tesauros   Tecnologias semânticas   Representação temática   Modelagem de dados   Tecnologias da informação e comunicação

Resumo

Os tesauros e linguagens documentárias compõem o substrato das práxis profissionais na área de Ciência da Informação, utilizando de aportes linguísticos para a construção de Sistemas de Organização do Conhecimento. A partir do desenvolvimento tecnológico novos instrumentos de representação organização e representação têm sido propostos, provocando convergências entre aportes teóricos e metodológicos de diversos campos científicos, no intuito de atender as demandas informacionais de uma sociedade cada vez mais baseada em interações virtuais. Entre os novos instrumentos de representação o padrão Simple Knowledge Organization System - SKOS tem se destacado como um modelo de dados que possibilita representar formalmente vocabulários controlados em ambientes digitais. O uso do padrão SKOS permite que recursos conceituais possam ser referenciados a partir de aplicações baseadas tecnologias que possibilitam explorar os aspectos semânticos dos conteúdos. O projeto proposto tem por objetivo avaliar o uso do padrão Simple Knowledge Organization System (SKOS) para a conversão de vocabulários controlados em ambientes digitais a partir da representação de categoria 'Informação e Conhecimento Estratégicos nas Organizações', do Tesauro Brasileiro de Ciência da Informação, em um microtesauro baseado no padrão SKOS. Considerando a necessidade de uma melhor compreensão deste modelo, propõe-se a realização de uma pesquisa de cunho teórico e metodológico, de abordagem qualitativa e caráter exploratório que se propõe a examinar os temas de representação, organização, tecnologias semânticas e disponibilização de vocabulários em ambientes digitais. Destacamos a relevância da pesquisa, considerando que o modelo SKOS pleiteia o surgimento de um novo campo de investigação eminentemente interdisciplinar, capaz de engendrar uma nova constelação epistemológica no campo da Organização e Representação de Informações, apontando perspectivas inovadoras e novas possibilidades no fazer profissional da área de Ciência da Informação. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.