Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo comparativo entre os resultados clínicos do tratamento fisioterápico e artroscópico de pacientes com instabilidade do quadril secundária à frouxidão ligamentar

Processo: 17/23544-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 05 de janeiro de 2018
Vigência (Término): 04 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Leandro Ejnisman
Beneficiário:Leandro Ejnisman
Anfitrião: Marc Raymond Safran
Instituição-sede: Instituto de Ortopedia e Traumatologia Professor Francisco Elias de Godoy Moreira (IOT). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Stanford University, Estados Unidos  
Assunto(s):Acetábulo   Cartilagem articular   Osteoartrite do quadril   Ortopedia   Quadril

Resumo

As doenças do quadril jovem são cada vez mais frequentes nos consultórios ortopédicos e de medicina esportiva. O número de estudos e pesquisas relacionados a essa área também vem aumentando. Dentre as afecções mais frequentes, estão o impacto fêmoro-acetabular (IFA) e a instabilidade do quadril. A instabilidade do quadril foi descrita muito recentemente, e é uma contra-partida a idéia clássica de que o quadril é uma articulação inerentemente estável. O tratamento da instabilidade do quadril é inicialmente clínico, por meio da fisioterapia, onde o foco principal da reabilitação é o fortalecimento muscular e estabilização do tronco e pelve. Na falha do tratamento clínico, indica-se o tratamento cirúrgico, onde por meio da artroscopia de quadril as lesões labiais são reparadas com auxílio de âncoras, e realiza-se uma plicatura da cápsula articular. A instabilidade do quadril apresenta uma escassez de artigos na literatura, contando com poucas publicações que descrevem seu diagnóstico, tratamento e resultados clínicos. O objetivo deste projeto de pesquisa é comparar os resultados obtidos após o tratamento clínico e cirúrgico da instabilidade do quadril, em um centro de referência para o tratamento desta doença, realizado por cirurgião único. Os desfechos principais observados serão a escala visual analógica de dor, escores clínico iHOT-33 e retorno ao esporte.