Busca avançada
Ano de início
Entree

Hemolisina III: origem, estrutura e função de uma proteína potencialmente envolvida na interação entre Schistosoma mansoni e seus hospedeiros intermediário e definitivo

Processo: 17/22379-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Sergio Verjovski Almeida
Beneficiário:Raphael Orélis Ribeiro
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Esquistossomose   Schistosoma mansoni

Resumo

Schistosoma mansoni (Platyhelminthes: Digenea: Schistosomatidae) destaca-se como um dos parasitos humanos mais debilitantes no mundo, com um impacto socioeconômico que remonta aos primórdios da civilização. Embora uma vastidão de estudos tenha focado em vários aspectos da biologia deste parasito, pouco se sabe a respeito de mecanismos moleculares fundamentais envolvidos no processo de alimentação do parasito com sangue. Um agente com ação hemolítica responsável pela formação de poros na membrana dos eritrócitos já foi detectado em homogeneizados de adultos de S. mansoni, mas a identidade da(s) molécula(s) envolvida(s) no processo inicial de lise destas células não foi estabelecida. No presente projeto buscamos elucidar a evolução, estrutura e função biológica de uma nova, putativa hemolisina III detectada por nosso grupo, presente em estágios intra-molusco e intra-mamífero de S. mansoni (SmHly III) utilizando para isso experimentos in silico, in vitro, in situ e in vivo. Estudos preliminares de nosso grupo indicam que é uma proteína com 7 domínios preditos de hélices transmembrana. No caso dos adultos de S. mansoni, poderia possivelmente ser liberada por meio de exossomas das células que revestem o esôfago posterior. Nossos resultados contribuirão para a elucidação de uma proteína potencialmente crítica na interação trematódeo sanguíneo-hospedeiros. Se confirmada a sua função hemolítica, a SmHly III representará a primeira hemolisina a ser documentada em uma espécie de Schistosoma, uma descoberta sem precedentes que poderá pavimentar o caminho para promissoras alternativas profilático-terapêuticas para esquistossomose.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MACIEL, LUCAS F.; MORALES-VICENTE, DAVID A.; SILVEIRA, GILBERT O.; RIBEIRO, RAPHAEL O.; OLBERG, GIOVANNA G. O.; PIRES, DAVID S.; AMARAL, MURILO S.; VERJOVSKI-ALMEIDA, SERGIO. Weighted Gene Co-Expression Analyses Point to Long Non-Coding RNA Hub Genes at Different Schistosoma mansoni Life-Cycle Stages. FRONTIERS IN GENETICS, v. 10, SEP 12 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.