Busca avançada
Ano de início
Entree

Pesquisa de espiroquetas do grupo da febre recorrente (Spirochaetaceae: Borrelia) em carrapatos do gênero Ornithodoros (Acari: Argasidae) parasitas de humanos no Brasil

Processo: 18/02521-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Marcelo Bahia Labruna
Beneficiário:Sebastián Alejandro Munoz Leal
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/17960-3 - Técnicas de cultivo avançadas, seqüenciamento de última geração e inmunoblot aplicado ao estudo de uma espiroqueta do grupo da febre recorrente brasileira, BE.EP.PD
Assunto(s):Parasitologia   Febre recorrente   Ornithodoros   Borrelia   Argasidae   Brasil

Resumo

Os carrapatos da família Argasidae transmitem bactérias a seus hospedeiros vertebrados, que incluem o homem. Em particular, espécies antropofílicas de Ornithodoros transmitem espiroquetas do gênero Borrelia, agentes causadores da Febre Recorrente Transmitida por Carrapatos (FRTC). Esta zoonose ocorre tanto em regiões tropicais como subtropicais do mundo. Na América do Sul, duas espécies deste grupo foram descritas na primeira metade do século XX. Dentre elas, a Borrelia venezuelensis, associada ao carrapato Ornithodoros rudis, provocou surtos de FRTC na Colômbia, no Panamá e na Venezuela. Embora casos de FRTC nunca foram relatados no Brasil, outro agente do grupo, a Borrelia brasiliensis, foi isolado do carrapato Ornithodoros brasiliensis no sul do país. Porém, dados recentes sobre a ocorrência desta e outras borrélias do grupo eram inexistentes até o novo achado, em 2017, de O. rudis infectado com Borrelia do grupo da FRTC em áreas rurais do estado de Maranhão. Esta descoberta aponta a existência desses agentes no país, sugerindo que a ocorrência FRTC em humanos poderia estar atualmente negligenciada. Sem precedentes no Brasil, o presente estudo tem como objetivo principal a caracterização molecular de Borrelia spp. isoladas in vivo e in vitro a partir de carrapatos antropofílicos do gênero Ornithodoros. Amostras sanguíneas obtidas de humanos de diferentes pontos de coleta pré-definidos serão testadas para presença de anticorpos anti-Borrelia utilizando-se as bactérias previamente isoladas. Os resultados deste estudo pretendem retomar a atenção nesta doença não investigada há mais de 50 anos na América do Sul. (AU)

Publicações científicas (9)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MUNOZ-LEAL, SEBASTIAN; RAMIREZ, DIEGO G.; LUZ, HERMES R.; FACCINI, JOAO L. H.; LABRUNA, MARCELO B. ``Candidatus Borrelia ibitipoquensis,{''} a Borrelia valaisiana-Related Genospecies Characterized from Ixodes paranaensis in Brazil. MICROBIAL ECOLOGY, MAY 2020. Citações Web of Science: 0.
SEVA, ANAIA DA PAIXAO; MARTINS, THIAGO FERNANDES; MUNOZ-LEAL, SEBASTIAN; RODRIGUES, ANA CARLA; PINTER, ADRIANO; LUZ, HERMES R.; ANGERAMI, RODRIGO N.; LABRUNA, MARCELO B. A human case of spotted fever caused by Rickettsia parkeri strain Atlantic rainforest and its association to the tick Amblyomma ovale. PARASITES & VECTORS, v. 12, n. 1 OCT 11 2019. Citações Web of Science: 0.
BASSINI-SILVA, RICARDO; JACINAVICIUS, FERNANDO DE CASTRO; MUNOZ-LEAL, SEBASTIAN; TERASSINI, FLAVIO A.; BARBOZA DE OLIVEIRA, GLAUBER MENESES; WELBOURN, CAL; SUNDIC, MILOJE; LABRUNA, MARCELO BAHIA; BARROS-BATTESTI, DARCI MORAES. Leptus (Leptus) simonettae Haitlinger, 2000 (Trombidiformes: Erythraeidae) parasitizing a soft tick (Ixodida: Argasidae) in Brazil. INTERNATIONAL JOURNAL OF ACAROLOGY, v. 45, n. 6-7, p. 409-412, OCT 3 2019. Citações Web of Science: 0.
DANTAS-TORRES, FILIPE; MARTINS, THIAGO FERNANDES; MURIOZ-LEAL, SEBASTIAN; ONOFRIO, VALERIA CASTILHO; BARROS-BATTESTI, DARCI MORAES. Ticks (Ixodida: Argasidae, Ixodidae) of Brazil: Updated species checklist and taxonomic keys. TICKS AND TICK-BORNE DISEASES, v. 10, n. 6 OCT 2019. Citações Web of Science: 1.
MUNOZ-LEAL, SEBASTIAN; TERASSINI, FLAVIO A.; MARCILI, ARLEI; OLIVEIRA, GLAUBER M. B.; CAMARGO, LUIS MARCELO A.; LABRUNA, MARCELO B. A third species of Nothoaspis Keirans & Clifford, 1975 (Acari: Argasidae): Nothoaspis setosus (Kohls, Clifford & Jones, 1969) n. comb. Systematic Parasitology, v. 96, n. 7, p. 595-602, SEP 2019. Citações Web of Science: 0.
MUNOZ-LEAL, SEBASTIAN; MARCILI, ARLEI; FUENTES-CASTILLO, DANNY; AYALA, MAURICIO; LABRUNA, MARCELO B. A relapsing fever Borrelia and spotted fever Rickettsia in ticks from an Andean valley, central Chile. Experimental and Applied Acarology, v. 78, n. 3, p. 403-420, JUL 2019. Citações Web of Science: 0.
MUNOZ-LEAL, SEBASTIAN; MACEDO, CATARINA; GONCALVES, TERESA CRISTINA; BARREIRA, JAIRO DIAS; LABRUNA, MARCELO B.; SAMPAIO DE LEMOS, ELBA REGINA; OGRZEWALSKA, MARIA. Detected microorganisms and new geographic records of Ornithodoros rietcorreai (Acari: Argasidae) from northern Brazil. TICKS AND TICK-BORNE DISEASES, v. 10, n. 4, p. 853-861, JUN 2019. Citações Web of Science: 2.
MUNOZ-LEAL, S.; BARBIER, E.; SOARES, F. A. M.; BERNARD, E.; LABRUNA, M. B.; DANTAS-TORRES, F. New records of ticks infesting bats in Brazil, with observations on the first nymphal stage of Ornithodoros hasei. Experimental and Applied Acarology, v. 76, n. 4, p. 537-549, DEC 2018. Citações Web of Science: 2.
MUNOZ-LEAL, SEBASTIAN; TERASSINI, FLAVIO A.; LUZ, HERMES R.; FONTANA, ISABELLA; CAMARGO, LUIS MARCELO A.; LABRUNA, MARCELO B. First report of Ornithodoros peropteryx in Brazil, and the occurrence of Ornithodoros cavernicolous in the western Brazilian Amazon. SYSTEMATIC AND APPLIED ACAROLOGY, v. 23, n. 11, p. 2113-2121, NOV 2018. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.