Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da participação dos receptores Naip na ativação de NLRC4 em resposta à infecção por l. amazonensis

Processo: 18/10444-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Dario Simões Zamboni
Beneficiário:Victoria Maria dos Santos
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/08216-2 - CPDI - Centro de Pesquisa em Doenças Inflamatórias, AP.CEPID
Assunto(s):Imunidade inata   Inflamassomos

Resumo

Receptores de reconhecimento padrão (PRR) do tipo Nod-like receptors (NLRs) são capazes de reconhecer e são ativados por MAMPs e/ou DAMP. Após ativação dos NLRs são montadas estruturas multiproteicas denominadas inflamassomas que são capazes de recrutar e ativar caspases inflamatórias, tais como caspase-1. A ativação de caspase-1 é responsável pelo processamento e secreção das citocinas IL1-², IL-18 e morte celular por piroptose. Leishmaniose é uma doença causada por um protozoário intracelular obrigatório do gênero Leishmania. Macrófagos possuem papel crítico e determinante na resistência ou suscetibilidade durante a infecção por Leishmania. Recentemente foi demonstrado que o receptor NLRP3, um que membros da família dos NLRs é ativado em respota a infecção por Leishmania e está envolvida no controle de Leishmaniose em camundongos. Todavia, os mecanismos moleculares envolvidos na ativação de NLRP3 em resposta a infecção por Leishmania são desconhecidos. Dados encontrados por nosso laboratório demonstram que o inflamassoma de NLRC4 é ativado frente à infecção por L. amazonensis o que induz a formação de poros nas membranas celulares, efluxo de potássio e resultando na ativação do inflamassoma de NLRP3. Diante disso, é necessário determinar as moléculas envolvidas na ativação de NLRC4 e por consequência a ativação do inflamassoma de NLRP3. Assim iremos avaliar os receptores citoplasmáticos do tipo NAIPs (Naip1, Naip2 e Naip5) já descritos na literatura como ativadores do receptor NLRC4.