Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do uso da própolis no perfil metabólico de pessoas infectadas pelo HIV sob terapia antirretroviral

Processo: 18/04297-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 30 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Karen Ingrid Tasca
Beneficiário:Ana Claudia de Moura Moreira Alves
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Infectologia   Terapia antirretroviral de alta atividade   Metabolismo   Perfil metabólico   Estado nutricional   Antirretrovirais   HIV   AIDS   Própolis

Resumo

Apesar a terapia antirretroviral ter melhorado a expectativa de vida das pessoas que vivem com o HIV/aids, ela está associada com vários efeitos adversos como mudança no perfil metabólico e alteração na composição corporal, fatores que contribuem com o desenvolvimento de comorbidades não associadas a aids, como diabetes e hipertensão. A própolis, um produto natural e sem efeitos colaterais descritos na literatura, apresenta propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias e, por isso, apresenta grande potencial para trazer melhorias na saúde dos indivíduos infectados pelo vírus. Assim, o objetivo deste estudo é verificar se o perfil metabólico dos indivíduos pode ser melhorado com o uso diário da própolis. Para isto, será realizado ensaio clínico randomizado, duplo cego, com intervenção paralela por 12 semanas, em 40 infectados pelo HIV. As variáveis analisadas serão: contagem de células TCD4+, TCD8+, triglicérides, colesterol total e frações, além da avaliação antropométrica pelas medidas de peso, estatura, circunferências do pescoço, da cintura, do quadril e do braço; diagnóstico nutricional pelo IMC; avaliação da composição corporal pela bioimpedância elétrica multifrequencial e; avaliação do perfil alimentar através do recordatório 24hrs e registro alimentar. (AU)