Busca avançada
Ano de início
Entree

Quantificação do potencial de intensificação sustentável da soja brasileira: produtividade potencial e eficiência de produção agrícola

Processo: 17/23468-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Agrometeorologia
Pesquisador responsável:Fabio Ricardo Marin
Beneficiário:Evandro Henrique Figueiredo Moura da Silva
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/18303-6 - Avaliação e desenvolvimento do dssat/cropgro para processos de evapotranspiração e nitrogênio para a soja tropical no Brasil, BE.EP.DR
Assunto(s):Modelos analíticos   Produção agrícola   Soja   Brasil

Resumo

A garantia da segurança alimentar global é um dos grandes desafios da humanidade para as próximas décadas. O aumento populacional do planeta em cerca de 2 bilhões de pessoas, a tendência de ascensão da classe média e as projeções de mudanças climáticas têm sido consideradas como um dos grandes desafios futuros para as políticas internacionais de seguridade alimentar. Nesse sentido, pesquisas com o intuito de intensificação agrícola podem contribuir com a questão da segurança alimentar. A cultura da soja gera mais de 60% de toda a proteína alimentar de origem vegetal produzida mundialmente. O Brasil é o maior exportador e o segundo maior produtor de soja (Glycine max) do mundo. No entanto, o potencial produtivo dessa cultura é ainda desconhecido no sistema de produção brasileiro. Protocolos de produção potencial de soja e simulações com modelos baseados em processos, devidamente calibrados, já foram desenvolvidos em importantes países produtores de soja, como EUA e Argentina. Recentemente, estudos publicados apontam que o potencial produtivo da soja em ambiente temperado é maior do que se esparava inicialmente, criando dúvidas e interessantes hipóteses científicas sobre a produtividade potencial da cultura em ambiente tropical. Não há na literatura, ainda, nenhum estudo sobre a produtividade potencial da soja nos trópicos e, a principio, entende-se que mesmo os resultados de ensaios de competição estão ainda aquém do potencial de produção da cultura, mesmo alcançando produtividades muito acima das médias nacionais. O presente estudo tem como objetivo quantificar o potencial produtivo da soja no Brasil, por meio de robustos experimentos de produção potencial, bem como avaliar a eficiência produtiva da cultura em escala nacional com base na abordagem do projeto do Global Yield Gap Atlas (GYGA), internacionalmente reconhecida, tornando assim os resultados comparáveis com outros países produtores. No final desse estudo espera-se identificar e descrever comparativamente (em comparação com estudos já realizados em ambiente temperado) os fatores determinantes do potencial produtivo da soja em condições tropicais e gerar um atlas de eficiência produtiva de soja para o Brasil seguindo protocolos internacionais para este tipo de procedimento. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA SILVA, EVANDRO H. F. M.; GONCALVES, ALEXANDRE O.; PEREIRA, RODOLFO A.; FATTORI JUNIOR, IZAEL M.; SOBENKO, LUIZ R.; MARIN, FABIO R. Soybean irrigation requirements and canopy-atmosphere coupling in Southern Brazil. Agricultural Water Management, v. 218, p. 1-7, JUN 1 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.