Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de diferentes sistemas de filtração biológica na larvicultura do camarão-da-amazônia Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862)

Processo: 18/09449-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Pesquisador responsável:Marcello Villar Boock
Beneficiário:Rodrigo Hozana Ferreira
Instituição-sede: Departamento de Descentralização do Desenvolvimento (APTA Regional). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/20122-9 - Avaliação de diferentes sistemas de filtração biológica na larvicultura do camarão-da-amazônia Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862), AP.R
Assunto(s):Filtros biológicos   Palaemonidae   Larva   Bactérias desnitrificantes

Resumo

O camarão-da-amazônia Macrobrachium amazonicum é uma espécie nativa de camarão de água doce com grande potencial para aquicultura. Embora as técnicas de larvicultura para esta espécie já estejam bem desenvolvidas experimentalmente, ainda são necessários estudos com objetivo de facilitar o manejo e aumentar a eficiência da filtração biológica, reduzindo dessa forma os custos de produção e estimulando a implantação de larviculturas comerciais no país. Este projeto de pesquisa tem por objetivos comparar diferentes modelos de biofiltros e avaliar a viabilidade de sua inoculação com bactérias nitrificantes comerciais. Serão realizados dois experimentos: Experimento 1 - Tratamento Controle (SFB): larvicultura Sem Filtragem Biológica; Tratamento 2 (FBC): Filtro Biológico Convencional (substrato composto por cascalho de conchas marinhas); Tratamento 3 (FTC): Filtro Tipo "Canister" e Tratamento 4 (FBE): Filtro Biológico Estático; Experimento 2 - Tratamento Controle (SFSI): larvicultura de M. amazonicum Sem Filtragem e Sem Inoculação de bactérias nitrificantes comerciais na água de cultivo; Tratamento 1 (SFCI): larvicultura Sem Filtragem e Com Inoculação de bactérias nitrificantes comerciais na água de cultivo; Tratamento 2 (FCCI): Filtro biológico Convencional Com Inoculação de bactérias; Tratamento 3 (FTCI): Filtro Tipo "Canister" com Inoculação de bactérias. Ambos os experimentos serão repetidos uma vez para confirmação dos resultados. O delineamento experimental será o de blocos casualizados com cinco réplicas de cada tratamento. Nos dois experimentos os teores de amônia (NH3), nitrito (NO2) e nitrato (NO3), o tempo de desenvolvimento larval, a sobrevivência, a produtividade e o ganho de peso das larvas serão avaliados. (AU)