Busca avançada
Ano de início
Entree

Mecanismos moleculares da prevenção do câncer de ovário: investigação das consequências epigenéticas do uso de contraceptivo oral

Processo: 18/11932-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2018
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética
Pesquisador responsável:Maria Cristina Cintra Gomes Marcondes
Beneficiário:Sarah Christine Pereira de Oliveira
Supervisor no Exterior: James Flanagan
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Imperial College London, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:17/10809-2 - Avaliação do perfil de Metilação do DNA nos tecidos muscular e tumoral em ratos adultos, portadores do carcinossarcoma de Walker 256, provenientes da prole de ratas submetidas à dieta com óleo de fígado de bacalhau, BP.MS
Assunto(s):Prevenção   Neoplasias ovarianas

Resumo

A maioria dos casos de câncer ovariano é diagnosticada tardiamente e tem um mau prognóstico, o qual não mudou significativamente nos últimos 30 anos. A triagem do câncer de ovário não parece reduzir a mortalidade, portanto, a melhor chance de reduzi-la é a prevenção e a identificação de mulheres com alto risco. Estudos epidemiológicos confirmaram que o uso de contraceptivo oral (OC) por 5-10 anos resulta em uma redução ao longo da vida na incidência de câncer de ovário. Nossa hipótese é que o uso de OC induz alterações epigenéticas nas células epiteliais dos ovários e trompas de Falópio, o que reduz o risco de carcinogênese. Neste projeto pretendemos compreender o componente epigenético do risco de câncer ovariano usando modelos in vivo e in vitro de administração de contraceptivos orais em células epiteliais ovarianas. Vamos utilizar um modelo existente de camundongo com uso de OC, e linhagens de células de superfície epitelial do ovário (OSE) e de células de câncer de ovário tratadas com estrogênio e progestinas e investigar o estado de metilação de genes candidatos utilizando pirosequenciamento de bissulfito. Esses experimentos fornecerão informações importantes para Estudos de Associação Epigenômica (EWAS) para o risco de câncer de ovário, em andamento.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.