Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização completa de exossomos de células endoteliais sob estresse de cisalhamento: uma atenção especial às kinases e mRNA

Processo: 18/10856-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 15 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Willian Fernando Zambuzzi
Beneficiário:Célio Junior da Costa Fernandes
Supervisor no Exterior: Maikel P. Peppelenbosch
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Local de pesquisa : Erasmus University Rotterdam (EUR), Holanda  
Vinculado à bolsa:16/08888-9 - Sinalização parácrina mediada por microvesículas e proteínas entre células ósseas e endoteliais durante o desenvolvimento e regeneração do tecido ósseo, BP.DD
Assunto(s):Transdução de sinais   RNA mensageiro   Exossomos   Osteoblastos   Células endoteliais

Resumo

Atualmente, sabemos que o desenvolvimento e regeneração do osso é um evento complexo e orquestrado por mecanismos parácrinos de sinalização intercelulares mostrando que a osteogênese está acoplada à angiogênese graças aos elegantes trabalhos liderados pelo Prof. R. H. Adams, do Max Planck Institute for Molecular Biomedicine, publicados recentemente na Nature. Neste contexto, o projeto em tela visa caracterizar exossomos liberados por células primárias endoteliais, já adquiridas junto a LONZA, Será utilizado toda expertise do prof. Maikel Peppelenbosh para nos orientar quanto a investigação de moléculas carreadas por esses exossomos, como proteínas Kinases e RNA-sec. Cabe ressaltar que esta solicitação encontra-se atrelada a projeto JP, processo 2014/22689-3, em vigência desde Dezembro de 2015, cujo objetivo geral é mapear o repertório de moléculas secretadas ora pelos osteoblastos, ora pelas células endoteliais, e regentes (em conjunto) desses efeitos parácrinos durante a remodelação óssea. O estágio no exterior possibilitará aprendizado e treinamento em metodologias de vanguard, implicando em um ganho de grande importância ao laboratório de Bioensaios e Dinâmica Celular, na UNESP/Botucatu-SP, o qual celebra o investimento da FAPESP para sua inauguração. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.