Busca avançada
Ano de início
Entree

Estratégias bem-sucedidas para expandir a bioenergia: expansão da cana de açúcar sustentável

Processo: 18/11054-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 05 de agosto de 2018
Vigência (Término): 04 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Engenharia Agrícola - Engenharia de Processamento de Produtos Agrícolas
Pesquisador responsável:Luiz Augusto Horta Nogueira
Beneficiário:Luiz Augusto Horta Nogueira
Anfitrião: Jeffrey Skeer
Instituição-sede: Núcleo Interdisciplinar de Planejamento Energético (NIPE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : International Renewable Energy Agency, Bonn (IRENA), Alemanha  
Assunto(s):Bioenergia   Cana-de-açúcar   Etanol   Bioeletricidade   Desenvolvimento sustentável

Resumo

Este projeto visa auxiliar a IRENA na preparação de um relatório sobre a Expansão da Bioenergia Sustentável de Cana-de-açúcar [na África e no Caribe], que avaliará o potencial de produção de bioetanol a partir da cana-de-açúcar, os custos da cana-de-açúcar e do bioetanol comparados com a gasolina derivada do petróleo, os custos de eletricidade de cana-de-açúcar comparados com eletricidade de outras fontes, as estratégias e medidas de governo eficazes para incentivar a produção de etanol e eletricidade a partir da cana-de-açúcar e os benefícios sócio econômicos associados à expansão da bioenergia baseada em cana. As seguintes atividades devem ser desenvolvidas: 1. Examinar os padrões existentes de uso da terra para a produção de cana-de-açúcar e as tecnologias associadas que podem ser aplicadas para otimizar a produção. 2. Para cada padrão de uso da terra, auxilie a equipe da IRENA nas curvas de oferta de países em desenvolvimento e regionais para a cana-de-açúcar, etanol de cana-de-açúcar e eletricidade gerada a partir de resíduos de cana-de-açúcar. 3. Examinar o potencial nacional e regional de áreas para expansão da cultura da cana-de-açúcar, sem afetar as culturas alimentares e estimando quanto cana-de-açúcar e etanol adicionais poderiam vir a ser alcançados. 4. Avaliar as políticas e medidas que podem ser aplicadas para aumentar a produtividade das culturas alimentares e reduzir as perdas alimentares. 5. Avaliar políticas e medidas para incentivar a geração de eletricidade a partir de resíduos de cana, como mecanismos de financiamento, garantia de acesso à eletricidade gerada e tarifas ou mecanismos de compra que levem em conta o valor ambiental dessa geração. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.