Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de sensores eletroquímicos baseados em nanopartículas magnéticas recobertas com polímeros de impressão molecular para determinação sensível e seletiva de ácido fólico e seus metabólitos em diversos tipos de amostras

Processo: 18/09432-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Maria Del Pilar Taboada Sotomayor
Beneficiário:Sara Manente Garcia
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/50945-4 - INCT 2014: Instituto Nacional de Tecnologias Alternativas para Detecção, Avaliação Toxicológica e Remoção de Micropoluentes e Radioativos, AP.TEM
Assunto(s):Sensores eletroquímicos   Ácido fólico   Eletroanalítica

Resumo

O presente projeto tem por objetivo o Desenvolvimento de um método analíticobaseado em sistemas biomiméticos para determinação de ácido fólico e seusmetabolitos. A construção do sistema biomimético se realizará com os polímerosmolecularmente impressos, mais conhecido como MIPs (Molecularly ImprintedPolymers). Os MIPs serão sintetizados sobre as nanoparticulas metálicas pelo métodode precipitação, e caracterizados por microscopia eletrônica de varredura,espectroscopia de infravermelho e método BET (Bunauer-Emmett-Teller). Após essaetapa, os magneto-MIPs serão avaliados em testes de religação (analito:polymer), edepois que comprovado sua eficiência, estes materiais serão usados como modificadoresem sensores eletroquímicos (magneto-MIP/sensor).Espera-se que os magneto-MIPs desenvolvidos se tornem um material ideal paraanálise sensível e seletiva de ácido fólico e seus metabólitos em amostras alimentícias,biológicas e ambientais. Os resultados obtidos com o método eletroquímico serãocomparados com o método de referência (CLAE-UV)