Busca avançada
Ano de início
Entree

Ação da pasta de hidróxido de cálcio em biofilmes de cepas de Enterococcus faecalis isolados de infecções endodônticas primárias e secundárias

Processo: 18/06818-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 31 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Flaviana Bombarda de Andrade
Beneficiário:Giulia Murcia Rodrigues
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Retratamento   Enterococcus faecalis   Hidróxido de cálcio   Biofilmes

Resumo

O objetivo desse trabalho será avaliar o biovolume e a viabilidade celular de biofilmes de 3 cepas de Enterococcus faecalis, uma ATCC 29212, uma isolada clínica de lesão endodôntica primária e uma isolada clínica de lesão secundária, as quais serão expostas a medicação com hidróxido de cálcio com veículo viscoso. Blocos de dentina, advindos de dentes bovinos, serão confeccionados por meio de trefina pra osso. Serão lixados em politriz, mantidos em soro fisiológico, esterilizados em autoclave e divididos em 5 grupos (n=8) de acordo com as cepas, que serão: G1- ATCC 29212 + Hidróxido de Cálcio (HC); G2- cepa isolada de lesão primária + HC; G3- cepa isolada de lesão secundária + HC; G4- Controle positivo, bloco infectado sem medicação; G5- Controle negativo, bloco não infectado e sem medicação. Os blocos de dentina serão inseridos em uma placa contendo 24 poços com os inóculos, permitindo a formação de biofilme durante uma semana, e trocas diárias do meio de cultura. Os biofilmes, após serem expostos à medicação por mais sete dias, serão visualizados através do corante Life & Dead em MCVL Leica, por meio do software Leica LAS AF Lite em quatro áreas de cada bloco de dentina. No programa Bioimage v2-1, será quantificada a porcentagem das bactérias vivas (verdes) e mortas (vermelhas), além do biovolume dos biofilmes, por meio da fluorescência emitida nas imagens avaliadas. Após o processamento das imagens, os dados serão analisados estatisticamente pelos testes de normalidade e comparativos (p<0,05), demonstrando qual a cepa mais resistente à pasta de hidróxido de cálcio.