Busca avançada
Ano de início
Entree

Materiais biohíbridos (caulinita-aminoácidos) como sensores luminescentes de poluentes emergentes

Processo: 17/01719-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 18 de janeiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Emerson Henrique de Faria
Beneficiário:Denis Talarico de Araujo
Instituição Sede: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/26569-3 - Materiais biohíbridos (Caulinita-aminoácidos) como sensores luminescentes de poluentes emergentes, BE.EP.DR
Assunto(s):Materiais híbridos   Caulim   Aminoácidos   Contaminantes emergentes   Sensores
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:aminoácidos | biohibridos | caulinita | Complexos lantanídeos | európio III | Sensores | Materiais Híbridos

Resumo

O Brasil é um país que possui a maior reserva de água doce do planeta, por ser tão privilegiado sobre a quantidade de água, tão grande também está a responsabilidade da manutenção e cuidado sobre os rios, lagos e nascentes. Em contrapartida, a contaminação dos rios e nascentes devido ao aumento das atividades industriais e da negligência as políticas ambientais tem sido um dos grandes problemas da sociedade moderna. E a situação piora em relação aos poluentes emergentes, oriundos do aumento do consumo de cosméticos, medicamentos e de artigos de limpeza que são despejados nos rios através dos esgotos. Devido à falta de pesquisas e sensores específicos para essa classe de poluentes, a cada dia sobe os riscos sobre o bioma e a saúde humana. No contexto apresentado, o objetivo deste trabalho é a obtenção de sensores luminescentes para poluentes emergentes como hormônios, cafeína e compostos metálicos, a partir de materiais biohíbridos oriundos de um argilomineral (caulinita) modificado com aminoácidos através do método de funcionalização de um alcóxido modificado na caulinita. A escolha destes materiais se deve ao fato do potencial de aplicação da caulinita, sua abundância e seu baixo custo tendo suas propriedades melhoradas ou incrementadas pela sua modificação com moléculas orgânicas, neste caso, os aminoácidos que também são de baixo custo, biodegradável e multifuncional. O sensor será sintetizado pela complexação do material obtido com o íon lantanídeo európio que apresenta altas intensidades e tempos de vida nas emissões, sofrendo pouca influência do ambiente químico, o que aumenta sua seletividade, tornando-o bastante atraente para aplicação em sensores luminescentes de contaminantes. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CLEMENTINO, F. C.; PEIXOTO, V. G.; DE ARAUJO, D. T.; CIUFFI, K. J.; NASSAR, E. J.; VICENTE, M. A.; RIVES, V.; DE FARIA, E. H.. Detection of Cr(III), prometryn, and ibuprofen by hybrid Eu(III)- dipicolinate kaolinite luminescent sensor. APPLIED CLAY SCIENCE, v. 227, p. 14-pg., . (17/15482-1, 17/01719-0, 18/26569-3, 12/11673-3, 16/01501-1, 11/03335-8, 98/11022-3, 13/19523-3)
DE ARAUJO, DENIS T.; CIUFFI, KATIA J.; NASSAR, EDUARDO J.; VICENTE, MIGUEL A.; TRUJILLANO, RAQUEL; RIVES, VICENTE; BERNAL, ELENA P.; DE FARIA, EMERSON H.. Grafting of L-proline and L-phenylalanine amino acids on kaolinite through synthesis catalyzed by boric acid. APPLIED SURFACE SCIENCE ADVANCES, v. 4, . (13/19523-3, 16/01501-1, 17/01719-0, 98/11022-3, 05/00720-7, 11/03335-8, 12/11673-3, 18/26569-3, 17/15482-1)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.