Busca avançada
Ano de início
Entree

Anatomia comparada do lenho de raiz e caule em Annona crassiflora Mart. (Annonaceae)

Processo: 18/05887-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Morfologia Vegetal
Pesquisador responsável:Carmen Regina Marcati
Beneficiário:Livia Naomi Hirota
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Anatomia da madeira   Anatomia vegetal   Xilema   Raízes de plantas   Caule   Annona

Resumo

Verificar a variação da estrutura do xilema secundário comparando raiz e caule é de grande importância, pois as diferenças anatômicas estão relacionadas às diferenças funcionais de cada órgão, bem como relacionadas ao microambiente onde está situado cada órgão, raiz no solo e o caule exposto à atmosfera. O padrão de variação das características do xilema secundário de raiz e caule em Annona crassiflora Mart. (Annonaceae), objeto deste estudo, pode ou não ser o mesmo que ocorre com outras espécies. Assim, o objetivo deste trabalho é verificar se existem diferenças anatômicas do xilema secundário comparando raiz e caule em Annona crassiflora de cerrado sensu stricto, e relacionar essas diferenças com prováveis adaptações funcionais de cada órgão, raiz e caule, bem como relacionar a adaptação dos órgãos ao microambiente em que estão situados. O material já foi coletado em uma reserva particular de cerrado sensu stricto localizada na Fazenda Santa Catarina, no Distrito de Rubião Júnior, em Botucatu, estado de São Paulo. Selecionamos três indivíduos adultos da espécie e coletamos amostras, por método não-destrutivo, de raiz e caule de cada um destes indivíduos. As amostras coletadas serão preparadas segundo as técnicas usuais em anatomia da madeira. Este trabalho permitirá entender se existem diferenças anatômicas do xilema secundário entre raiz e caule em A. crassiflora e relacionar essas diferenças, se encontradas, com prováveis adaptações funcionais e ecológicas desta espécie no Cerrado. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.