Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistemas líquido-cristalinos como potencial estratégia para administração vaginal de ácido p-cumárico no tratamento de candidíase vulvovaginal

Processo: 17/22928-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2018
Vigência (Término): 28 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Marlus Chorilli
Beneficiário:Paula Scanavez Ferreira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/22658-1 - Sistemas líquido-cristalinos como estratégia para administração vaginal de ácido p-cumárico no tratamento da candidíase vulvovaginal: avaliação in vitro e in vivo, BE.EP.MS
Assunto(s):Micoses   Candidíase vulvovaginal   Administração intravaginal   Nanotecnologia   Cristais líquidos   Candida albicans   Saúde pública

Resumo

As infecções fúngicas aumentaram consideravelmente nos últimos anos, em virtude principalmente do crescente número de pacientes imunocomprometidos, amplo desenvolvimento de transplantes de órgãos e aplicação extensiva de antibióticos e antifúngicos de amplo espectro, gerando assim, cepas resistentes. A Candida albicans, espécie responsável por 80-90% dos casos de candidíase vulvovaginal (CVV), é um exemplo de microrganismo que representa um grande desafio à saúde pública, devido às altas taxas de mortalidade e aumento de gastos com cuidados e hospitalização. As terapias existentes para CVV apresentam desvantagens, decorrentes dos diversos efeitos colaterais e pela resistência de muitas espécies de Candida spp. aos antifúngicos utilizados. Como alternativa, compostos com potencial ação antifúngica vêm sendo estudados, como por exemplo, o ácido p-cumárico. Todavia, seu caráter lipofílico dificulta sua solubilidade em água diminuindo sua biodisponibilidade. Dessa forma, a administração vaginal deste composto fenólico veiculado em sistemas líquido-cristalinos pode ser interessante, visto que estes sistemas podem aumentar a solubilidade, estabilidade e biodisponibilidade de fármacos, reduzir efeitos colaterais e potencializar sua ação em um sítio específico. Ademais, a administração vaginal mostra-se vantajosa, uma vez que este sistema pode ser aplicado no estado líquido, geleificando no local e tornando-se muco adesivo ao entrar em contato com o muco vaginal. Dessa maneira, este estudo visa avaliar o potencial de sistemas líquido-cristalinos para administração vaginal de ácido p-cumárico no tratamento da candidíase vulvovaginal. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.