Busca avançada
Ano de início
Entree

Ecologia, evolução e desenvolvimento (Eco-Evo-Devo): o papel dás células fusoides ná diversificação dè Poaceae (Poales)

Processo: 17/10739-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Morfologia Vegetal
Pesquisador responsável:Vera Lucia Scatena
Beneficiário:Thales Henrique Dias Leandro
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/10854-3 - Mecanismo de desenvolvimento de células fusoides na folha de gramíneas e sua resposta à incidência de luz, BE.EP.PD
Assunto(s):Ontogenia   Luz   Gramíneas   Anatomia vegetal   Morte celular programada

Resumo

Poaceae é uma família diversa que engloba aproximadamente 12.000 espécies distribuídas em 12 subfamílias. Células fusoides se originam do meristema fundamental e têm ocorrência confirmada em lâminas foliares de um vasto número de espécies de Poaceae, distribuídas em sete subfamílias: Anomochlooideae, Pharoideae e Puelioideae (primeiras linhagens a divergirem no grupo); Oryzoideae, Bambusoideae e Pooideae (clado BOP); e Panicoideae (clado PACMAD). Estudos anatômicos e observações em casa de vegetação têm sugerido que o desenvolvimento de células fusoides é influenciado pela incidência de luz, uma vez que estas células ocorrem predominantemente em plantas de ambientes sombreados. A possibilidade de um processo de morte celular programada (MCP) também é levantada, uma vez que células fusoides colapsam ao longo do seu desenvolvimento e, portanto, morrem na maturidade. Neste contexto, este projeto tem como objetivo estudar o desenvolvimento foliar de espécies de Poaceae com ênfase nas células fusoides, envolvendo conceitos de ecologia e evolução (eco-evo-devo), a fim de elucidar o papel destas células na diversificação de Poaceae. Serão elaborados experimentos a fim de testar as hipóteses de desenvolvimento plástico potencial e potencial ancestral no desenvolvimento de células fusoides sob diferentes incidências luminosas, bem como para verificar se genes relacionados ao processo de morte celular programada são induzidos por esta variável. Os resultados permitirão interpretações evolutivas em Poaceae e serão a chave para o entendimento da função que as células fusoides desempenham na folha.