Busca avançada
Ano de início
Entree

Modulação da porosidade de scaffolds de quitosana: efeito sobre a adesão, espalhamento e proliferação de células tronco mesenquimais

Processo: 18/09323-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Diana Gabriela Soares dos Passos
Beneficiário:Marleni Quispe Quenta
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/15674-5 - Associação de técnicas de engenharia tecidual para modulação da regeneração de tecidos mineralizados sob inflamação degenerativa: análise em modelos de cultura-3D em biorreator de perfusão e inflamatórios em animais, AP.JP
Assunto(s):Medicina regenerativa   Biomateriais   Engenharia tecidual

Resumo

A regeneração de tecidual empregando scaffolds macro-porosos biodegradáveis compreende uma nova abordagem de tratamento na Medicina e Odontologia. A aplicação desta terapia visa estimular células tronco mesenquimais (MSCs) locais a se diferenciar e produzir um novo tecido. Sendo assim, o presente estudo tem por objetivo desenvolver scaffolds com diferentes graus de porosidade e avaliar a adesão, espalhamento e proliferação de MSCs semeadas sobre sua superfície. Os scaffolds serão preparados por meio da modulação do pH da solução de quitosana, seguido de congelamento das soluçãos em diferentes temperaturas, e liofilização. Os materiais serão caracterizados quanto à sua arquitetura e porosidade, por meio da obtenção de imagens em microscopia eletrônica de varredura e análise no software Image J. Em seguida, as MSCs serão semadas sobre os scaffolds para avaliar a adesão e espalhamento, por meio de imunofluorescência para F-actina, e proliferação celular, por quantificação do DNA. Os dados numéricos obtidos serão submetidos à análise estatística específica.