Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise, 'in vitro' e 'in vivo', do mecanismo de ação do ácido Tauroursodeoxicólico (TUDCA) sobre a função mitocondrial das ilhotas pancreáticas e tecidos insulino-responsivos submetidos à restrição de aminoácidos em associação com ácidos graxos

Processo: 17/24851-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Everardo Magalhães Carneiro
Beneficiário:Thiago dos Reis Araujo
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/01717-9 - Investigação dos efeitos insulinotrópicos, insulinomiméticos e endoteliais da taurina em células/tecidos submetidos à restrição in vitro de aminoácidos: uma abordagem integrada e multifocal, AP.TEM
Assunto(s):Desnutrição   Obesidade   Fisiologia endócrina

Resumo

A desnutrição é uma desordem metabólica que acomete cerca de 795 milhões de indivíduos em todo o globo, sendo decorrente da redução no aporte energético ou nutricional em uma determinada fase de vida. É sabido que a deficiência nutricional, durante o desenvolvimento e maturação, gera perturbações na biogênese e função mitocondrial em diferentes tecidos de roedores e humanos, levando ao desequilíbrio do controle glicêmico e ruptura na homeostase energética, predispondo ao desenvolvimento da obesidade e Diabetes Mellitus do tipo 2 (DM2) na fase adulta. Nosso laboratório possui uma sólida linha de investigação, utilizando a suplementação com aminoácidos, em especial a taurina e o TUDCA, objetivando a busca por alvos terapêuticos para tratamento destes distúrbios. O TUDCA, formado a partir da associação do UDCA a taurina, já demonstrou aumentar a biogênse mitocondrial e sobrevivência celular, e reduzir o estresse de retículo em diferentes tipos celulares. Além disto, foi observado que a administração de TUDCA preservou a morfofunção das células ², normalizando a secreção de insulina e aumentando à sensibilidade deste hormônio tanto em roedores obesos quanto humanos. Contudo, a ação terapêutica do TUDCA ainda não foi avaliada em roedores com obesidade derivada de desnutrição. Portanto, neste projeto caracterizaremos a ação do TUDCA, in vitro, sobre a função mitocondrial em ilhota pancreática e tecidos insulino-responsivos submetidos à restrição de aminoácidos em associação com ácidos graxos. A partir da caracterização das ações efetivas deste ácido biliar, in vitro, poderemos extrapolar para o modelo in vivo para o desenvolvimento de uma possível ferramenta terapêutica com foco no controle e/ou tratamento da obesidade e comorbides, quando da associação entre desnutrição e dieta rica em gordura.