Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos efeitos da ocitocina (OT) e do peptídeo natriurético atrial (ANP) sobre a lipólise do tecido adiposo retroperitoneal em ratos adultos controles e obesos

Processo: 18/10920-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 30 de abril de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:José Antunes Rodrigues
Beneficiário:Leonardo Domingues de Araujo
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/09799-1 - Regulação da homeostase energética e do balanço hidromineral: das células aos sistemas fisiológicos, AP.TEM
Assunto(s):Neuroendocrinologia   Dieta   Lipólise   Obesidade   Ocitocina

Resumo

Informações referentes à osmolalidade e volume plasmático são enviadas ao SNC, modulando atividades de regiões específicas. Assim, ocorre a ativação do sistema neuroendócrino e secreção de hormônios como AVP, OT e peptídeos natriuréticos, desencadeando dessa maneira repostas comportamentais como sede e apetite ao sal, a fim de restabelecer o equilíbrio hidroeletrolítico. Já está bem estabelecida na literatura, inclusive em dados publicados pelo nosso grupo, a relação entre OT e ANP restaurando o volume do fluido corporal para níveis normais em experimentos que envolvem expansão do volume sanguíneo. Adicionalmente, dados recentes têm demonstrado que a OT e o ANP possuem efeitos anti obesidade em ratos obesos induzidos por dieta, como redução do peso corporal, aumento da lipólise e da beta-oxidação de ácidos graxos, bem como redução da intolerância à glicose e resistência à insulina. Em dados prévios do nosso laboratório, observamos que ratos obesos apresentaram maior peso do tecido adiposo retroperitoneal comparado aos animais com dieta controle. Entretanto, quando submetidos à privação hídrica, houve uma redução do peso do tecido adiposo retroperitoneal em animais obesos. Portanto, baseados nos dados preliminares tanto da literatura quanto do nosso grupo e que são necessários mais estudos a fim de entender a relação entre os efeitos esses dois hormônios na obesidade, nossa hipótese é que a OT e o ANP modulam, em conjunto, a lipólise no tecido adiposo retroperitoneal e a perda de peso em ratos adultos obesos induzidos por dieta. Nosso objetivo é analisar os efeitos da OT sobre a lipólise do tecido adiposo retroperitoneal e sua correlação com a secreção do ANP em ratos adultos e obesos.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.