Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise inovadora do controle autonômico cardiovascular em ciclistas após diferentes intensidades de treinamento muscular inspiratório: estudo clínico controlado e aleatorizado

Processo: 18/11123-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Aparecida Maria Catai
Beneficiário:Raphael Martins de Abreu
Supervisor no Exterior: Alberto Porta
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Università degli Studi di Milano, Itália  
Vinculado à bolsa:17/13402-0 - Comparação de diferentes intensidades de treinamento muscular inspiratório sobre o controle autonômico cardiovascular de ciclistas: estudo clínico controlado e randomizado, BP.DD
Assunto(s):Sistema cardiovascular   Fisioterapia   Exercícios respiratórios   Sistema nervoso autônomo   Desempenho atlético

Resumo

O treinamento muscular inspiratório (TMI) tem sido aplicado como um método não convencional para melhorar o desempenho de atletas, devido a sua contribuição para a redução da dispneia e da fadiga muscular periférica. No entanto, pouco se sabe sobre os efeitos da TMI no controle autonômico cardiovascular, fatores determinantes para a manutenção da homeostase cardiovascular, tanto em repouso quanto durante a atividade esportiva. O objetivo do período de estágio é aplicar metodologias inovadoras de análise e explorar os resultados encontrados no controle cardiovascular autonômico após diferentes intensidades de TMI. Durante este período, o aluno aprenderá sobre os métodos de análise de dados, uma vez que o Prof. Dr. Alberto Porta possui ampla experiência em processamento e interpretação de sinais biológicos. Além disso, esse estágio poderia definir o melhor método de análise de dados, possibilitando direcionar essa modalidade de treinamento na prática clínica, de forma mais eficaz beneficiando o controle autonômico cardiovascular. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE ABREU, RAPHAEL MARTINS; CATAI, APARECIDA MARIA; CAIRO, BEATRICE; REHDER-SANTOS, PATRICIA; DA SILVA, CLAUDIO DONISETE; SIGNINI, ETORE DE FAVARI; SAKAGUCHI, CAMILA AKEMI; PORTA, ALBERTO. A Transfer Entropy Approach for the Assessment of the Impact of Inspiratory Muscle Training on the Cardiorespiratory Coupling of Amateur Cyclists. FRONTIERS IN PHYSIOLOGY, v. 11, FEB 25 2020. Citações Web of Science: 0.
DE ABREU, RAPHAEL MARTINS; PORTA, ALBERTO; REHDER-SANTOS, PATRICIA; CAIRO, BEATRICE; DA SILVA, CLAUDIO DONISETE; SIGNINI, ETORE DE FAVARI; SAKAGUCHI, CAMILA AKEMI; CATAI, APARECIDA MARIA. Effects of inspiratory muscle-training intensity on cardiovascular control in amateur cyclists. AMERICAN JOURNAL OF PHYSIOLOGY-REGULATORY INTEGRATIVE AND COMPARATIVE PHYSIOLOGY, v. 317, n. 6, p. R891-R902, DEC 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.