Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo e desenvolvimento de dispositivo microfluídico em infravermelho para testes de biodisponibilidade de cálcio em vitro

Processo: 18/11657-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Convênio/Acordo: Innovation Fund Denmark
Pesquisador responsável:Daniel Rodrigues Cardoso
Beneficiário:Jéssica Freire Feitor
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/01189-0 - Novel aging: tecnologias e soluções para fabricar novos produtos lácteos para um envelhecimento saudável, AP.TEM
Assunto(s):Química de alimentos   Cálcio   Biodisponibilidade   Microfluídica   Espectrofotômetros

Resumo

A presente proposta de projeto é parte do projeto temático FAPESP 2017/01189-0 (Technologies and solutions to manufacture novel dairy products for healthy aging) em parceria com a Dinamarca. Osteoporose, doença causada pela baixa absorção de cálcio, mesmo para indivíduos com alimentação balanceada em cálcio, afeta 75 milhões de pessoas no mundo e é um problema associado especialmente à idosos. O balanço de cálcio no organismo envolve fatores como absorção de cálcio pelo intestino, incorporação de cálcio aos ossos e excreção, tanto fecal quanto urinária. A baixa absorção de cálcio é associada a baixa solubilidade dos sais de cálcio nos alimentos, sob condições neutras e alcalinas, à produção insuficiente de ácido relacionada a problemas de envelhecimento, e mais importante, com a baixa capacidade de carreadores de cálcio advindos de alimentos. É de extrema importância, no sentido nutricional, o estudo de biodisponibilidade de íons cálcio combinados com peptídeos e hidroxicarboxilatos presentes no leite. Portanto, o principal objetivo desse projeto é de desenvolver um dispositivo microfluídico acoplado ao espectrofotômetro de imagem multiplex FT-IR, capaz de simular a absorção intestinal de micronutrientes como íons de cálcio, para estudos de biodisponibilidade. Além disso, o dispositivo microfluídico desenvolvido será usado para investigar a biodisponibilidade de íons de cálcio ligados a peptídeos derivados do leite e hidroxicarboxilatos, com o objetivo de adaptar novos ingredientes para melhorar a biodisponibilidade de cálcio nos alimentos. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.