Busca avançada
Ano de início
Entree

Anuros da Floresta Atlântica: incorporando informações ecofisiológicas na avaliação de padrões de ocupação de habitat, contemporâneos e futuros

Processo: 18/05839-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Fisiologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Denis Otavio Vieira de Andrade
Beneficiário:Denis Otavio Vieira de Andrade
Anfitrião: Barry Raymond Sinervo
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of California, Santa Cruz (UC Santa Cruz), Estados Unidos  
Assunto(s):Anura   Ecofisiologia   Modelos ecológicos   Herpetologia   Mata Atlântica

Resumo

Esta proposta pretende explorar métricas quantitativas fundamentadas em parâmetros fisiologicamente relevantes, os quais serão incorporadas em processos de modelagem mecanística. O que, por sua vez, irá permitir a avaliação de padrões contemporâneos de ocupação de habitat por anfíbios anuros da Floresta Atlântica do Brasil. Posteriormente, as informações derivadas destas modelagens serão utilizadas para avaliar o grau de vulnerabilidade destes organismos face a cenários futuros de mudanças climáticas e prever o risco potencial de extinção. Em ambos os casos, proporemos e testaremos métricas associadas com as relações termais e o balanço de água de espécies de anuros previamente selecionados. Isto é justificado pelo fato de que, devido a ectotermia e pele permeável, a regulação da temperatura corpórea e do balanço de água dos anfíbios anuros é fortemente influenciado por contingências ambientais, com consequências importantes para sua aptidão e sobrevivência. Informações sobre parâmetros fisiológicos serão compilados da literatura e acrescidos de um conjunto de dados já coletados pelo proponente. Similarmente, o mapeamento e distribuição das condições de temperatura e umidade, no nível de microescala, irá incorporar dados (e modelos) já disponíveis com um banco de dados já coletados pelo proponente. O principal resultado antecipado deste projeto é uma apreciação robustamente fundamentada em parâmetros fisiológicos da ocupação de habitat, persistência e risco de eliminação de populações e extinção para anfíbios anuros da Floresta Atlântica. Um outro resultado, este mais duradouro, é a implantação de uma nova temática de pesquisa focada em modelagem mecanística, decorrente da aquisição de competência pelo proponente nessa área de especialidade. Essa perspectiva é bastante promissora pois temos atualmente grupos bem estabelecidos trabalhando em fisiologia animal e em modelagem ecológica, porém, com pouca integração entre áreas. Desta forma, uma abordagem integrativa na interface destas áreas poderia produzir estudos de destacada relevância e vanguarda, tanto na exploração de novos casos e temas como na incorporação de novas camadas de complexidade - por exemplo, desmatamento e fragmentação florestal, plasticidade fenotípica, adaptação evolutiva, migração, etc.