Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da degradação dos agrotóxicos paraquat, metam-sódico e carbaril via Processos Oxidativos Avançados Eletroquímicos (POAE) utilizando eletrodos de difusão gasosa modificados com óxidos bimetálicos

Processo: 17/23464-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Marcos Roberto de Vasconcelos Lanza
Beneficiário:Matheus Schiavon Kronka
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/50945-4 - INCT 2014: Instituto Nacional de Tecnologias Alternativas para Detecção, Avaliação Toxicológica e Remoção de Micropoluentes e Radioativos, AP.TEM
Assunto(s):Eletroquímica   Agrotóxicos   Paraquat   Carbaril   Processos oxidativos avançados   Óxidos   Cromatografia

Resumo

A poluição das águas superficiais e o descarte de efluentes agrícolas contaminados por compostos orgânicos recalcitrantes é um grande problema ambiental presente em muitos países do mundo, inclusive no Brasil. Diante desse cenário, observa-se a necessidade do desenvolvimento de novas tecnologias para o tratamento de efluentes contaminados, como é o caso dos Processos Oxidativos Avançados (POA). Alguns dos POAs utilizam o peróxido de hidrogênio (H2O2) como precursor do radical hidroxila (*OH) e que pode ser gerado in situ pela Reação de Redução do O2 (RRO) utilizando Eletrodos de Difusão Gasosa (EDG). Neste projeto de pesquisa serão sintetizados e caracterizados óxidos bimetálicos (La, Nb, Hf e Zr) incorporados a matriz de carbono Printex 6L para atuarem como catalisadores para a geração de H2O2. Estudos realizados com óxidos dos metais citados resultaram tanto no aumento da geração de H2O2 quanto na diminuição do potencial em que a redução do O2 ocorre, sendo promitentes para o estudo do sinergismo entre eles (óxidos bimetálicos) como eletrocatalisadores da RRO, neste trabalho. Os materiais mais promissores serão utilizados para confecção de eletrodos tipo EDG, que posteriormente serão aplicados na degradação dos pesticidas paraquat, metam-sódico e carbaril em uma célula de bancada e em reator eletroquímico de fluxo. Os POAs utilizados serão o eletro-Fenton, fotoeletro-Fenton e H2O2/UV. O monitoramento da degradação será avaliado utilizando cromatográfica líquida de alta eficiência (HPLC), cromatografia líquida acoplada com espectrometria de massas (LC-MS), teor de carbono orgânico total (TOC), cromatografia iônica (IC) e ensaios de ecotoxicidade. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.