Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do treinamento sobre o equilíbrio ácido-base em equinos

Processo: 18/07469-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:José Corrêa de Lacerda Neto
Beneficiário:Angélica Cristina Titotto
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Hemogasometria   Equilíbrio ácido-base   Exercício físico   Treinamento físico   Equinos

Resumo

Dentre as inúmeras variáveis modificadas pelo exercício se encontra o equilíbrio ácido-base do sangue. Ainda há poucos estudos em equinos avaliando o efeito do treinamento sobre o equilíbrio ácido-base. Diante disto, pretende-se avaliar as respostas metabólicas responsáveis pela manutenção do equilíbrio ácido-base do sangue em equinos durante Testes de Esforço Padrão (TEP), assim como, determinar a influência do treinamento sobre as variáveis analisadas. Dez equinos da raça Puro Sangue Árabe, seis machos castrados e quatro fêmeas, com idades entre quatro e nove anos e peso médio de 380 kg, provenientes do rebanho da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias/UNESP, campus de Jaboticabal, serão utilizados. Os animais passarão inicialmente por um período de adaptação a esteira rolante do Laboratório de Medicina Esportiva Equina, onde, após a aclimatação, realizarão um Teste de Esforço Progressivo (TEP), precedido de indução da lactatemia, para determinação de suas condições físicas. Durante o TEP serão colhidas amostras de sangue para determinações hemogasomética de Na+, K+, Cl-, pH, lactato e pCO2 e bioquímica de proteínas plasmáticas totais. A velocidade correspondente à concentração de 1,5 mmol/L de lactato (v1,5) durante o TEP, será utilizada como base para a realização do treinamento de seis semanas em esteira rolante. Ao final do treinamento, será realizado outro TEP com as mesmas características do anterior visando avaliar a melhoria no condicionamento físico. Os valores determinados por meio de hemogasometria e análise bioquímica serão utilizados para cálculo da diferença entre íons fortes (DIF) e da concentração de ácidos fracos não voláteis (Atot). Os valores obtidos nos diferentes TEP serão submetidos à análise estatística para posterior discussão.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.