Busca avançada
Ano de início
Entree

Alavancando a internet do futuro no Brasil através da coexistência e interconexão de múltiplas arquiteturas

Processo: 18/09105-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Convênio/Acordo: MCTI/MC
Pesquisador responsável:José Augusto Suruagy Monteiro
Beneficiário:Thiago Bueno da Silva
Instituição-sede: Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel). Santa Rita do Sapucaí, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/24518-4 - Alavancando a internet do futuro no Brasil através da coexistência e interconexão de múltiplas arquiteturas, AP.R
Assunto(s):Redes de computadores   Arquitetura e organização de computadores   Internet

Resumo

Esse projeto visa estudar cenários de uso conjunto das arquiteturas para a Internet do Futuro (FIAs) NG, RINA, ETArch, especificando e implementando pontos de interconexão, chamados Future Internet Exchange Points (FIXPs). O projeto também objetiva a implementação de um socket multi FIAs em um ponto de presença. Por fim, uma aplicação simples será desenvolvida para testar a interconexão de FIAs através da rede FIBRE da RNP. As atividades abaixo foram planejadas para os bolsistas TTIII durante a execução do projeto. Deve-se observar que cada equipe terá uma especialização específica em função basicamente do domínio de uma FIA específica. No caso deste bolsista, a especialização será na arquitetura Nova Genesis (NG). 1. Aquisição de equipamentos para a implantação de um POP FIXP. O bolsista ajudará no processo de compra dos equipamentos. 2. Homogeneizar entre toda a equipe o conhecimento sobre as FIAs: ETArch, NG e RINA. Serão feitos webinars sobre cada proposta. Os bolsistas participarão dos webinars. 3. Definição dos requisitos para as interconexões entre as diversas arquiteturas. Os bolsistas ajudarão na revisão bibliográfica e na escrita do relatório sobre o estado da arte em meta arquiteturas, suas interoperações e interconexões. 4. Especificação da arquitetura e dos componentes do FIXP. Os bolsistas ajudarão na especificação e escrita do documento de especificação da arquitetura e componentes do FIXP. 5. Estudo, levantamento de requisitos e especificação de uma API (socket) multiarquitetura. Estudaremos as formas possíveis de se criar um socket multiarquitetura a ser usado nos POP e FIXP (se necessário). Os bolsistas verificarão as implementações de sockets nas FIAs selecionadas, contribuindo para o documento de requisitos e especificação do socket. 6. Estudo, levantamento de requisitos e especificação de uma aplicação multiarquiteturapara os POPs da solução. Os bolsistas ajudarão na seleção da aplicação e na escrita do documento de especificação da aplicação multiarquitetura. 7. Planejamento de testes de interconexão. Os bolsistas acompanharão o planejamento. 8. Implementação do FIXP, API e aplicação multiarquitetura. Os bolsistas trabalharão nas implementações do projeto. 9. Configuração de infraestrutura nos POPs. Os bolsistas atuarão na configuração. 10. Configuração de testes de interconexão e definição de parâmetros para medição de desempenho. Os bolsistas, em particular o da UFSCar, trabalharão na configuração, incluindo os detalhes de integração ao projeto FIBRE. 11. Preparação e configuração dos cenários de teste na rede e realização de medidas. Os bolsistas ajudarão na preparação e configuração de cenários de testes que serão usados para testar os protótipos do projeto, incluindo os detalhes de integração ao projeto FIBRE. 12. Investigação sobre o impacto do FIXP em cada uma das arquiteturas. Finalmente, coletaremos os dados e investigaremos os impactos do FIXP em cada FIA e na rede FIBRE. Os bolsistas acompanharão as análises. 13. Disseminação e avaliação dos resultados através de apresentações em eventos e publicação de artigos científicos. Os bolsistas ajudarão na divulgação e elaboração de artigos. 14. Elaboração de relatórios de atividades. Elaboraremos dois relatórios, um ao final do primeiro ano do projeto e um segundo ao término de todas as atividades. Os bolsistas ajudarão na elaboração dos mesmos. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.